htnet

Plano de Guedes para gás mais barato encontra resistência na Petrobras

Guedes etrocou muitas mensagens com integrantes de um grupo de WhatsApp chamado “Equipe Econômica”

Plano de Guedes para gás mais barato encontra resistência na Petrobras

Setores da Petrobras resistem ao plano do ministro da Economia, Paulo Guedes, de abrir o mercado de gás e acabar com o monopólio da estatal. A divergência foi explicitada em uma troca de mensagens flagrada pelo jornal O Estado de S. Paulo entre Guedes e integrantes de um grupo de WhatsApp chamado “Equipe Econômica”. Em uma das mensagens, Guedes diz que o gerente executivo de Gás e Energia da Petrobras, Marcelo Cruz, quer “desvirtuar o projeto”.

O Estadão fotografou Guedes conversando no grupo, que tem representantes do ministério e presidentes de bancos públicos, durante a “Cantata de Páscoa” no Palácio do Planalto, promovida pelo presidente Jair Bolsonaro na quarta-feira.

Na conversa, o ministro encaminha ao grupo mensagem que havia recebido do economista Carlos Langoni – que vem atuando como uma espécie de mentor de Guedes na área de gás. “Gde (Grande) PG (Paulo Guedes): O Império contra ataca! Atenção: a turma do gás da PB (Petrobras) – contrária à abertura – quer criar um Gestor de Gasoduto! Coisa de burocrata intervencionista! No sense!”, afirma o economista na mensagem que foi encaminhada ao grupo.

Langoni diz ainda que é preciso alertar “RCB e Luciano”, numa referência ao presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, e a Luciano Irineu de Castro, principal conselheiro da área energética na época da campanha do presidente Jair Bolsonaro e assessor da presidência da Petrobras. E diz que a Agência Nacional do Petróleo (ANP) é contra a “ideia maluca” de criação do gestor, que não discutiria o termo de ajuste que é negociado com o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e a agência.

Em seguida, Guedes digita: “Marcelo Cruz… gerente de gás da Petrobras. Quer desvirtuar o projeto”. Na mesma conversa, uma segunda pessoa, identificada no celular do ministro como sendo o presidente do BNDES, Joaquim Levy, escreve: “liberdade ao gás… Langoni tá certo e temos que acelerar ajuste legislação dos estados. Abertura jah”.

Segundo o Estadão/Broadcast, plataforma de notícias em tempo real do Grupo Estado, apurou, o governo identificou que há certa “resistência interna” na Petrobras, mas que parte de um grupo pequeno, que defende a manutenção do controle estatal no mercado de gás. Isso, porém, não é considerado um obstáculo à implementação da agenda liberal defendida por Guedes.

Langoni tem sido o responsável pelas ideias que vêm sendo desenvolvidas pelo governo para o setor. Também egresso da Universidade de Chicago, como Guedes, ele é amigo do ministro de longa data e um dos expoentes do pensamento liberal no País.

Em nota, a assessoria de Langoni, que é diretor do Centro de Economia Mundial da FGV, disse que ele e Guedes conversam regularmente sobre questões importantes e variadas da agenda econômica. “Langoni não tem qualquer ligação formal com a Petrobras ou com o governo”, completou.

Procurado para se pronunciar sobre a troca de mensagens fotografada pelo Estadão, o Ministério da Economia não se manifestou. Petrobras e BNDES também não se pronunciaram. Nos últimos dias, Levy tem defendido a “liberdade ao gás” pedida por ele no grupo. Na segunda-feira, em debate organizado pelo Lide, ele disse que há “inúmeras oportunidades”. “A produção do gás no pré-sal só vai crescer mais se você aumentar a demanda. E só vai conseguir fazer isso se a distribuição do gás for mais barata”, completou.

Choque

Nas últimas semanas, Guedes tem prometido dar um “choque de energia barata” com ações que incluem a abertura do mercado de exploração e distribuição de gás natural, acabando com o monopólio da Petrobras. Chamado de “Novo Mercado de Gás”, o programa quer elevar a competitividade da indústria brasileira a partir da exploração de gás das áreas do pré-sal.

Além de atacar o refino, o programa também quer quebrar o monopólio das distribuidoras estaduais. Como antecipou o Estado, o novo plano do governo federal de socorro aos Estados – batizado por Guedes de Plano Mansueto – terá como uma das contrapartidas de acesso ao auxílio financeiro a abertura do mercado de distribuição de gás pelos governos estaduais.

Hoje, os governos regionais, que têm agências reguladoras próprias, impedem que empresas privadas acessem os dutos de distribuição estaduais. Ao entrar no programa, o Estado terá de aderir à regulação federal e criar a chamada figura do consumidor livre, que desobriga a compra de gás somente da distribuidora local.

As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Macumbeiro Bita do Barão falece três dias após profecia de pastor; assista

“Dei muitas oportunidades para ele reconhecesse que Eu sou Deus e ele não quis! aquela nuvem vai sugar ele do Maranhão”

   

Da redação JM

Pastor Washington Luiz é bastante conhecido no Brasil por profetizar a queda do PT. Foto: Reprodução

Wilson Nonato de Sousa, conhecido como o famoso Pai de Santo Bita do Barão, morreu na UTI de um hospital particular de Teresina nesta quinta-feira (18). Entidades e políticos se manifestaram sobre sua morte. Famoso, ele gozava de prestígio principalmente na classe política e artística.

Entidades, órgãos governamentais e políticos emitiram notas de pesar sobre o falecimento de Bita do Barão.

Profecia

Após a morte do umbandista, um vídeo, gravado três dias antes, viralizou na internet. Trata-se de uma profecia sobre sua morte.

O maior bruxo do Maranhão vai cair, o Senhor me disse. Dei muitas oportunidades para que ele reconhecesse que Eu sou Deus e ele não quis! aquela nuvem vai sugar ele do Maranhão e logo logo você vai estar vendo em tudo é jornal e dizendo: ‘eu estava naquele culto aonde a nuvenzinha trabalhou‘ “, diz a mensagem.

O pregador que aparece no vídeo é o pastor Washington Luiz, da Assembleia de Deus Comadesma em Araguaína, município localizado no Tocantins.

VEJA TAMBÉM
‘Deus está prestes a derramar seu espírito sobre as universidades’, diz profeta

Pastor Washington Luiz é bastante conhecido no Brasil por profetizar a queda do Governo do PT, a queda de um avião no Brasil e a morte do prefeito de Tucuruí -PA.

Ao JM Notícia, o pastor confirmou a mensagem e disse que a recebeu de Deus durante um evento realizado em Chapadinha nos dias 15 e 16 de abril. Bita do Barão faleceu no dia 18.

Assista:

 

Padre de Belo Jardim usa políticos na Última Ceia

Em Belo Jardim, a 171 km do Recife, o padre Geraldo Magela resolveu criar uma polêmica nas celebrações da Semana Santa, que mexeu com os brios da comunidade católica: no momento em que a classe política anda em baixa, convidou alguns representantes da categoria para atores – e não coadjuvantes – da Última Ceia. Eles se apresentaram vestidos à caráter, sentaram à mesa e participaram também da celebração do lava pés.

Estavam na cerimônia, dentre outros, os vereadores Gilvando Estrela e Marcelino Monteiro, o ex-vereador José Lopes e o ex-vereador e atual presidente da Autarquia Educacional de Ensino, Nem Cabeludo, que, pasmem, fez o papel de Cristo. Também o ex-prefeito Marcos Coca-Cola, que responde a processo por improbidade administrativa. Só falou o prefeito Hélio dos Terrenos (PTB), que faz uma péssima gestão.

O padre justificou o convite aos políticos alegando que a campanha da fraternidade deste ano tem como foco políticas públicas. Mas o engraçado é que na mensagem da Igreja o texto base da campanha chama atenção para o fato de que falar das políticas públicas não se trata de política ou de eleições, mas de um conjunto de ações a serem implementadas pelos gestores públicos, com vistas a promover o bem comum, atendendo as necessidades dos mais pobres e desamparados.

“Os políticos e um padre chegam ao ridículo de usar o templo sagrado para exploração política”, reagiu uma beata, que pediu para não se identificar. “Aos olhos da população, profanaram a Santa Ceia”, acrescentou. Diante da repercussão, a paróquia emitiu uma nota tentando reduzir o impacto da repercussão e a indignação da comunidade católica, que forma a grande maioria no município. Mas foi em vão. Na cidade, o que se diz é que o padre cometeu um sacrilégio.

Bolsonaro aparece na lista dos “100 mais influentes” da revista ‘Time’

Presidente está na categoria ‘líderes’ ao lado do presidente americano Donald Trump.

Bolsonaro aparece na lista dos "100 mais influentes" da revista 'Time'

Nesta quarta-feira (17), a revista norte-americana ‘Time’ divulgou a lista das “100 pessoas mais influentes do mundo”, onde o presidente Jair Bolsonaro aparece ao lado de outros políticos.

O presidente está na categoria “líderes” ao lado do norte-americano, Donald Trump, e do premiê italiano, Matteo Salvini, o líder da oposição e autodeclarado presidente da Venezuela, Juan Guaidó, a premiê australiana, Jacinda Arden, e o premiê israelense, Benjamin Netanyahu.

Na publicação, Bolsonaro é destacado como “um personagem complexo” e que o governo do político terá a chance de “realizar reformas econômicas que podem domar o aumento do déficit [fiscal]”.

VEJA:

http://time.com/collection/100-most-influential-people-2019/5567770/jair-bolsonaro

 

Governo anuncia linha de crédito para caminhoneiros autônomos

A linha de crédito começará a ser disponibilizada pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal

Governo anuncia linha de crédito para caminhoneiros autônomos

Segundo Onyx, a linha de crédito começará a ser disponibilizada pelo Banco do Brasil e Caixa Econômica Federal. “Depois para os demais brancos e cooperativas de crédito pelo Brasil”, afirmou o ministro, sem dar data de quando a linha será efetivamente liberada.

O crédito será centrado em caminhoneiros autônomos, que tenham até dois caminhões por CPF. “É para garantir que o autônomo tenha acesso a esse importante instrumento. Temos reconhecimento de que é um problema bastante sério, que impacta a segurança do motorista e das demais pessoas nas rodovias”, disse Onyx em coletiva de imprensa em que o governo anuncia medidas para o setor rodoviário.

Onyx começou a coletiva afirmando que o governo vem trabalhando desde o início do ano para “poder dar melhores condições de trabalho aos caminhoneiros”.

“O presidente sempre teve na vida parlamentar muita proximidade com os caminhoneiros, ao longo da campanha assumiu compromisso de dar melhores condições de trabalho para a categoria”, disse Onyx, que destacou concessões de portos e aeroportos e o leilão da Norte-Sul, mas lembrou que o Brasil fez uma escolha há 50 anos pelo modal rodoviário.

Editora pede a Fux suspensão de censura e depoimentos de jornalistas

A editora Marce Clausum pediu que o ministro Luiz Fux suspenda liminarmente a censura e os depoimentos de jornalistas de suas publicações

Editora pede a Fux suspensão de censura e depoimentos de jornalistas

POLÍTICA JUSTIÇA

Segundo os advogados da editora, há “nítida demonstração do caráter censório” das decisões, que “impedem o direito público de acesso à informação, acarretando em prejuízo à sociedade como um todo”.

Nesta segunda-feira, 15, o ministro Alexandre de Moraes determinou a retirada do ar de reportagem que cita e-mails da Odebrecht que mencionam o presidente do Supremo, Dias Toffoli. No mesmo dia, o ministro ainda mandou multar o veículo em R$ 100 mil alegando o descumprimento da decisão.

No dia seguinte, ordenou buscas e apreensões contra investigados. Ainda nesta terça-feira, 16, a procuradora-geral, Raquel Dodge, informou o Supremo Tribunal Federal que promoveu o arquivamento do inquérito. Horas depois, os ministros Dias Toffoli e Alexandre de Moraes determinaram a manutenção das investigações e a prorrogação por mais 3 meses.

De acordo com a editora, é “inevitável deixar de se entender como um erro grave a determinação de exclusão de matéria jornalística da apreciação pública, ainda que relacionada a autoridade judiciária, como é o caso da decisão reclamada, sendo certo que matéria jornalística se limitou a divulgar a notícia que chegou ao seu conhecimento, sem qualquer termo ofensivo, tampouco emissão de juízo de valor”.

“Além disso, o tema da reportagem é de interesse público, uma vez que revela informações fornecidas por Marcelo Odebrecht, colaborador da operação ‘Lava Jato’, sendo dever-direito dos meios de comunicação de divulgar fatos relevantes, independentemente, da pessoa retratada. E qualquer impedimento nesse sentido configura inquestionável censura, que tanto castigou nosso País”, escreve.

Os advogados lembram a Fux que se trata de “um risco inerente à atividade de um agente público, especialmente dos agentes judiciários, sendo que a repercussão de um dano a este tipo de pessoa é menor do que uma pessoa que não possui tais características, já que os agentes públicos, estão sujeitos a serem alvos de críticas, devendo estar acostumados com tal condição”.

“Destaca-se, por derradeiro, que a manutenção da medida reclamada implica em cercear o acesso à informação de interesse público, o que constitui grave violação à liberdade de imprensa e ao direito dos cidadãos de tomar conhecimento de fatos relacionados a autoridades públicas, ainda que judiciárias”.

O veículo ainda informa a Fux que “na calada da noite, recebeu a redação do veículo de comunicação, uma policial federal, intimando a Reclamante para pagar a multa por descumprimento”. “A situação é kafkiana, a ordem foi cumprida, e a referência ao

descumprimento está inserida nos autos do Inquérito a que se nega acesso à Reclamante”.

Senadores já falam em impeachment de Toffoli e Moraes

Davi Alcolumbre afirmou que vai pautar em plenário um pedido de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar tribunais superiores

Senadores já falam em impeachment de Toffoli e Moraes

POLÍTICA LAVA TOGA

Em outra reação, o presidente do Senado, Davi Alcolumbre afirmou que vai pautar em plenário, “em tempo oportuno” e com base em um “compromisso político”, um pedido, que já tinha sido arquivado, de abertura de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar tribunais superiores, a chamada “CPI da Lava Toga”. “Regimentalmente, nós poderíamos e deveríamos encaminhar a matéria para o arquivo. Mas a presidência assumiu um compromisso político de submeter a matéria ao plenário”, disse.

Alcolumbre havia arquivado o requerimento na segunda-feira, dia 15, após o pedido ser rejeitado na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Casa. O argumento foi que o regimento interno exigia que eventual recurso para plenário deveria ser apresentado em dois dias úteis após a votação na Comissão, ou seja, até sexta-feira passada. “Esta presidência considerará como se houvesse sido apresentado recurso contra decisão da CCJ, de forma que a matéria será oportunamente pautada para deliberação do plenário.”

Transparência

De acordo com o senador Alessandro Vieira (PPS-SE), que recolheu as assinaturas, os dois requerimentos para abertura de CPI têm como argumento a tese de que houve crime de responsabilidade através de abuso de poder na abertura do inquérito, determinada por Toffoli, e nas buscas feitas pela Polícia Federal e bloqueios de redes sociais, ordenados por Moraes. “Não estamos buscando pacificação, estamos buscando transparência.”

O líder da minoria, Randolfe Rodrigues (Rede-AP), disse ver elementos para pedidos de impeachment dos dois ministros, e cobrou o julgamento de uma ação protocolada pela Rede, que pede anulação do inquérito como uma solução para a situação. “Eu rogo aos membros de bom senso do STF que restabeleçam a ordem constitucional.” As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Trindade – II Audiência Pública em Defesa da Mulher

Trindade e região do Araripe conta com uma Polícia Militar atuante, uma Secretaria da Mulher do Estado e Coordenadoria da Mulher
E Secretarias Municipais preocupadas e atentas às causas em defesa das Mulheres vítimas de violência doméstica.

A coordenadora regional da Mulher, Lurisvania, disse que após uma reunião em conjunto com a 9ª Companhia Militar de Pernambuco em Araripina, diante do número apresentado de violência doméstica em março deste ano, ocorreu a iniciativa de unir os poderes públicos para dar apoio a essas mulheres que são vítimas deste tema que se tornou na atualidade um dos assuntos mais comentados em busca de soluções e da diminuição de casos no sertão do Araripe, e em Trindade.

Para o comandante da 9ª Companhia da PM, capitão Moura, o número vem crescendo de mulheres que estão tendo coragem de denunciar as violências contra elas. Sendo essas uma das ocorrências mais atendidas pela Polícia Militar aqui na região do Araripe. “Com essa audiência ouvimos sugestões de ações para que possam ser lançadas em defesa do público feminino por parte de todos os órgãos competentes do Estado e Municípios”, pontuou Capitão Moura.

“Nossa gestão tem sido presente na vida de muitas mulheres que pedem ajuda e não tem medo ou vergonha de pedir socorro, denunciando. Para se ter uma ideia temos uma Coordenadoria da Mulher equipada e que conta com recursos do FEM lll do qual contempla um veículo para os trabalhos. Quero parabenizar a Secretaria de Ação Social e toda equipe em união as demais Secretarias pela sensibilidade em que tratam esse tema em defesa da proteção das mulheres vítimas de violência doméstica”.

*Contamos com a participação dessa equipe: a delegada e palestrante Dra Katiane Muniz, a Coordenadora Regional Sertão do Araripe da Secretaria da Mulher do Governo do Estado, Lurisvania; do sub Comandante da 9ª Companhia de Polícia Militar, Capitão Moura; dos secretários Mana Miranda (Ação Social); Dra Conceição Barros (Saúde); Tequinha (Agricultura), Divaldo Barros (Educação), Charles Gerlane (Administração), Marcos Pereira Lima (Indústria), dona Deusilá (Governo); Jacleilza (Meio Ambiente); assessoria jurídica municipal, vereadores Derisvan, Júnior Sena, Polliana Sá, e demais membros de instituições e sociedade.*

#AçãoSocial #DireitosdasMulheres #TrindadeSegueAvançando

Dr Everton Costa
Prefeito

Cuidado com nossos filhos!

#ATENÇÃO

Cuidado com nossos filhos

1: avisar a filha(o), pra ela(e) não se sentar no colo de ninguém, não importa a situação, incluindo os tios ou primos.

2: Evite se vestir na frente de seu filho a partir dos 2 anos de idade dele.

3. Nunca permita que qualquer adulto refira-se ao seu filho como ” minha esposa ” ou ” meu marido ”

4. Sempre que o seu filho sai para jogar com os amigos, certifique-se de que você está procurando uma maneira de descobrir que tipo de jogo que eles fazem, porque os jovens agora abusam sexualmente de si mesmos.

5. Nunca faça seu filho visitar qualquer adulto que ele ou ela não se sente confortável com, e também estar atento se o seu filho chega a ser muito fã de um adulto em particular.

6. Uma vez que um menino muito alegre de repente se torna acanhado. É possível que tenha que pedir paciência e esclarecer algumas perguntas sobre o porque da sua conduta.

7. Educar cuidadosamente sobre os valores corretos da sexualidade. Se não o fizer, a sociedade vai ensinar-lhes os valores errados.

8: é sempre aconselhável ir através de qualquer novo material como os desenhos animados que acabou de comprar para eles antes de começar a ver eles mesmos.

9. Certifique-se de ativar os controles parentais em suas redes de cabo e conselhos aos seus amigos, principalmente os de sua criança (s) Visita (s) muitas vezes.

10. Ensine seus filhos a partir dos 3 anos como lavar suas partes íntimas corretamente, e avisá-los para não permitir nunca que ninguém toque nessas áreas (lembre-se, a caridade começa em casa e com você).

11: afaste alguns materiais associados que você acha que poderia pôr em perigo a saúde mental do seu filho (isso inclui música, filmes e até mesmo amigos e famílias).

12: uma vez que seu filho se queixa de uma pessoa em particular, não mantenha silêncio sobre o assunto.

Lembre-se, nós somos os pais criando futuros pais.
E lembre-se: “a dor dura toda a vida”

Se leu até o final deixe o seu UP para manter o post como alerta!

Edt.
Psicóloga Kelly Rebesco

SDSCJ e MPT se reúnem para discutir ampliação de contratação de aprendizes

A ideia da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude e do Ministério Público do Trabalho é fortalecer a qualificação e empregabilidade para jovens e adolescentes no Estado

Com o objetivo de fomentar a qualificação profissional de jovens e adolescentes e reduzir o trabalho infantil, representantes da Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e do Ministério Público do Trabalho (MPT) se reuniram, na tarde desta quinta-feira (11), na sede no MPT, para discutir alternativas para o fortalecimento da contratação de aprendizes em Pernambuco. O encontro contou com a participação do secretário Sileno Guedes, do secretário-executivo de Assistência Social, Joelson Rodrigues, e das procuradoras do Trabalho Adriana Gondim e Jailda Pinto.

No encontro, os representantes dos dois órgãos debateram a necessidade de fortalecer a empregabilidade para jovens e adolescentes no Estado através da ampliação de oportunidades nos órgãos da administração pública. “A partir desse encontro, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude se coloca à disposição do Ministério Público do Trabalho para ampliar a inserção de aprendizes na esfera pública, como já tem feito, e com isso buscar a sensibilização de entidades privadas e dos municípios para que mais oportunidades sejam concedidas a jovens e adolescentes”, destacou o secretário Sileno Guedes.

Em outubro 2009, Pernambuco instituiu o decreto 34.003, que implementa no âmbito do Poder Executivo estadual a contratação de aprendizes. Já em 2015, o decreto 41.695 acrescentou ao texto a inserção de adolescentes que estejam cumprindo a medida socioeducativa, além de egressos das unidades da Funase. A partir daí, a Secretaria de Desenvolvimento Social, Criança e Juventude deu início ao projeto Vida Aprendiz, que, desde 2016, já promoveu a contratação de 214 jovens como aprendizes.

A iniciativa do Governo de Pernambuco, inclusive, foi destacada pela procuradora chefe Adriana Gondim. “Na verdade, o Estado está cumprindo um papel social quando abraça a aprendizagem. A oportunidade do primeiro emprego para o adolescente garante um melhor posicionamento no mercado de trabalho porque ele já vai ter atuado na área pública, destacando que a gente tem foco também nos jovens mais vulneráveis”, pontuou.

No encontro, a procuradora destacou que uma das finalidades da atuação conjunta é estimular a ampliação da contratação de aprendizes na esfera privada. Atualmente, as empresas pernambucanas, segundo levantamento do MPT, têm potencial de geração de 32.202 vagas para o programa. O número é referente à cota mínima, de 5%, que empresas precisam ocupar. No entanto, somente 12.998 estão preenchidas, por descumprimento das próprias entidades privadas.

Também presente na reunião, a procuradora Jailda Pinto destacou ainda que a etapa de aprendizagem com a inserção de jovens e adolescentes no mercado de trabalho é uma forma combater o trabalho infantil. “Além de ser uma política de combate à evasão escolar. Porque o jovem e adolescente associa as aulas teóricas na entidade qualificadora, aulas práticas nas empresas e a matrícula em escola”, acrescentou.