Câmara adia mais uma vez votação e pode enterrar reforma política

Câmara adia mais uma vez votação e pode enterrar reforma política

plenário da Câmara dos Deputados adiou mais uma vez, na noite desta terça-feira (22), a votação da reforma política. Sem consenso para nenhuma das alterações, o resultado acrescenta mais um capítulo ao repertório de improviso e idas e vindas do atual debate sobre o tema.

Com o resultado, deputados da própria base do governo chegaram a dizer que é possível que nada, ou muito pouca coisa, seja modificada no atual sistema político.

Os parlamentares tinham marcado para esta terça a votação da criação de um novo fundo público para abastecer as campanhas e a mudança do sistema de eleição para o legislativo -do “proporcional” para o chamado “distritão”.

Não há, porém, para nenhum desses pontos, os 308 votos (60% das 513 cadeiras da Câmara) necessários para que a Constituição seja alterada.

Deputados sentiram a repercussão negativa da criação de um fundo que iria direcionar a candidatos mais de R$ 3 bilhões em uma época em que as contas do governo estão com um rombo estimado de R$ 159 bilhões.Já o “distritão” é apontado por quase toda a ciência política e por vários partidos como um retrocesso por enfraquecer as legendas e jogar no lixo os votos dados a não eleitos e dados em excesso a eleitos -o que hoje entra na conta para a distribuição das cadeiras do Parlamento.

O próprio presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), reconheceu não haver apoio para aprovar o fundo ou o distritão. As negociações seguem e nova tentativa de votação será feita nesta quarta (23).

Caso o fundo e o distritão sejam enterrados, a atual reforma política pode se restringir apenas à proibição das coligações no caso das eleições de deputados e vereadores e ao estabelecimento de regras mais duras para evitar a proliferação de legendas.

Esses dois pontos, já aprovados pelo Senado, estão em um projeto paralelo que ainda está em fase de análise por uma comissão especial da Câmara. A votação na comissão também pode ocorre nesta quarta.

A ideia da atual reforma política nasceu quando o STF (Supremo Tribunal Federal) proibiu, em 2015, o financiamento empresarial das campanhas. Com isso, as eleições municipais de 2016 foram feitas apenas com financiamento público (o atual fundo partidário, mais a renúncia fiscal para a exibição da propaganda eleitoral por TVs e rádios), com o autofinanciamento (dinheiro do bolso dos próprios candidatos) e com doações de pessoas físicas.

Congressistas, porém, afirmam que esse sistema é insustentável no caso de eleições gerais, como a de 2018, em que serão escolhidos presidente, governadores, senadores, deputados federais e estaduais. Caso o novo fundo não seja aprovado, a tendência é que congressistas inflem no ano que vem as receitas do Fundo partidário, que neste ano deve distribuir mais de R$ 800 milhões aos partidos.Para que eventuais mudanças valham para as eleições do ano que vem, elas terão que ser aprovadas pela Câmara e Senado até o início de outubro deste ano.

Com informações da Folhapress.

Fiepe do Araripe capacita empresários, em curso gratuito, sobre como evitar problemas trabalhistas

A Unidade Regional Sertão do Araripe da Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco – Fiepe, em parceria com a Confederação Nacional da Indústria – CNI promoveu no dia 16 de agosto, em Araripina, o curso gratuito sobre “Como evitar problemas trabalhistas?” com a consultora Maria Inez Diniz de Medeiros.

Durante a capacitação, com teoria e simulações, os participantes conheceram melhor a nova legislação sob a ótica da reforma trabalhista atualizando-os sobre as principais mudanças na lei. Além disto, foram abordadas outras temáticas como as rotinas de admissão, os tipos de contrato de trabalho, as formas de contratação, conceitos de salário, 13º salário, férias, jornada, licenças, rescisões, etc.

A iniciativa faz parte do Programa de Desenvolvimento do Associativo (PDA) que leva capacitações gratuitas para empresários como forma de fortalecer o setor e promover a união entre os industriários. Na capacitação na Fiepe do Araripe participaram empresários do setor gesseiro, contadores, advogados, consultores, estudantes dos cursos de Direito e Ciências Contábeis entre outros.

 O próximo curso da Unidade Regional Sertão do Araripe será nos dias 20 e 21 de setembro e abordará sobre “Análise de custos e formação de preços”, com foco no Decreto nº 44.772, de 20 de julho de 2017, que dispõe sobre a antecipação do ICMS nas operações com gipsita, gesso e derivados e oferece benefícios fiscais ao setor. Para se inscrever acesso o site www.fiepe.org.br ou pelos telefones (87) 38734620 ou 9 91003961 (whatsapp).

O CineSolar vai passar por Trindade

Com apoio da Prefeitura de Trindade, por meio da Secretaria de Educação Cultura e Desportos o CINESOLAR vai estar dia 01 de setembro a partir das 18h30 na Academia das Cidades, em frente ao Estádio o Chicão, com apresentações de curta metragem e sessão do filme minhocas.

Para quem não sabe o CINESOLAR é uma estação móvel de arte, sustentabilidade, cinema e cultura de paz. Tudo é movido a energia solar. Ficou curioso? Então venha aproveitar com sua família ou seus amigos amanhã, o evento será gratuito.

Da Assessoria de Comunicação – PMT

Chico Siqueira se reúne com a comunidade de Serra Branca e anuncia inúmeras ações

O prefeito de Ipubi, Chico Siqueira (PSB) esteve reunido nesse último final de semana (19) com a associação da Aprofrutas de Serra Branca. No encontro, pessoas de outras associações e da própria comunidade se fez presente reivindicando do executivo diversas ações.

Ouvindo atenta

mente cada demanda referente a saúde, iluminação pública, melhorias no esgoto de algumas ruas, investimentos na cultura, o prefeito anunciou inúmeras ações que o distrito ganhará, dentre elas estão:

Em oito dias todas as ruas que a população solicitou melhorias na iluminação pública, ao exemplo das ruas que ficam próximo a Antena, proximidades da Caixa d’água, Rua Francisco de Brito Neto, Rua João Zacarias e ruas próximas da escola do distrito, serão contempladas.

Entre os pedidos estiveram melhorias no esgoto da entrada principal do distrito e próximo ao cemitério, do qual o prefeito se prontificou em realizar todas as melhorias nessas localidades.

“Vocês já me conhecem e sabem o quanto sou criterioso em arrumar nossa cidade, tanto na iluminação pública, quanto na infraestrutura com saneamento e calçamento. Quero dizer que além disso, também iremos concluir em nossa gestão a quadra para nossos atletas e reformaremos o PSF visando as melhorias da nossa população de Serra Branca”, frisou o executivo que anunciou ainda o investimento de R$ 13 mil reais para a sede da Associação da Aprofrutas e melhorias nas estradas vicinais que interligam o distrito promovendo melhor locomoção para os produtores rurais e necessidades de urgências para a saúde.

Chico afirmou que breve estará se deslocando até Brasília para junto do deputado Federal Fernando ir até ao órgão competente saber o que pode ser feito para que a rede de telefonia móvel possa ser ligada definitivamente. Falou também sobre segurança pública que em breve com o novo Batalhão em Araripina, toda a cidade de Ipubi e seus distritos terão mais assistência quanto segurança.

O prefeito Chico Siqueira finalizou a reunião anunciando o resgate da festa cultural no distrito no dia 01 de outubro. A esperança nasceu nos olhos da comunidade diante de tantos benefícios anunciados pelo chefe do executivo municipal que reconhecem que Chico promete e faz.

Da Assessoria de Comunicação/PMI

Ex-líder do PT na Câmara, Vaccarezza pode deixar prisão nesta terça

Ex-líder do PT na Câmara, Vaccarezza pode deixar prisão nesta terça

ex-líder do PT na Câmara dos Deputados Cândido Vaccarezza pode deixar a cadeia nesta terça-feira (22), data de término da prisão preventiva cumprida na última sexta-feira (18) e determinada pelo juiz Sérgio Moro. Além dele podem ser soltos o operador financeiro Henry Hoyer e o ex-gerente da Petrobrás Márcio Albuquerque Aché Cordeiro, também presos nas fases 43 e 44 da Operação Lava Jato.

Há, ainda, mais duas possibilidades: que a prisão temporária seja prorrogada por mais cinco dias ou que se torne preventiva, quando deixaria de ter prazo para uma eventual liberação dos envolvidos – a decisão é de alçada de Sérgio Moro.

Segundo o G1, a defesa de Vaccarezza já pediu a revogação da prisão usando o argumento de que ele está em tratamento de um câncer de próstata.

G1

Ingenor vence nos pênaltis na final do III Campeonato de Futsal de Veteranos de Trindade

Realizado pela Prefeitura de Trindade, por meio da Diretoria de Esportes, o III Campeonato de Futsal de Veteranos da cidade consagrou na manhã desse domingo (13), dia dos pais, a vitória do time  INGENOR como campeão 2017, deixando o título de vice-campeão para o Vasco da Baixa velha.

O campeonato aconteceu no Centro Esportivo de Trindade, Prefeito Otacílio Leocádio da Silva (quadra do Trêvo) apresentando o placar de 3 x 3 e 2 x 0 nos pênaltis.

Antes da premiação que contou com a presença do vice-prefeito Jaécio Sá, representando o prefeito Dr. Everton Costa (PSB), houve uma homenagem com a presença da família ao ex-jogador Marcos Antonio Gomes de Souza (In Memoriam). Marquinhos, como era conhecido, participou de outros campeonatos municipais ao exemplo de futebol de Campo no Chicão, ele também jogou pelo time do Santos campeão de 2014 no campeonato de futsal dos veteranos.

Antes da final, houve também dois jogos amistosos, futsal feminino e futsal masculino promovendo um show de bola nessa grande final de um dos campeonatos mais bem organizados pela gestão municipal.

Da Assessoria de Comunicação com informações do Tichico (Fotos: Diones Antonio)

Embaixadas do Brasil têm planos em caso de guerra com Coreia do Norte

Estratégia de contingência na Coreia do Sul já foi aprovada

Embaixadas do Brasil têm planos em caso de guerra com Coreia do Norte

Enquanto o mundo volta a atenção para a troca de farpas entre a Coreia do Norte e os Estados Unidos, a vida segue para os 77 milhões de habitantes da península coreana. Embaixador do Brasil na Coreia do Sul, Luis Serra acredita que o nível de tensão no país já foi maior e que não há sinal de pânico na população. O encarregado de negócios na Coreia do Norte, Cleiton Schenkel, concorda. Ainda assim, Serra garante que já foi criada uma estratégia para salvaguardar os cerca de 400 brasileiros no local, em caso de eventual intervenção militar.

“Dá para usar a imagem de um eletrocardiograma. Eu diria que, em abril deste ano, houve um pico. Agosto, em função dos dois testes balísticos de julho, está mais alto do que maio e junho, que foram meses mais tranquilos. Tem sido assim há muitos anos. Não há um curva de ascensão constante, nem de queda”, contou ao jornal O Globo. Conforme o embaixador, o plano de retirada foi submetido ao Ministério das Relações Exteriores no Brasil e pode ser posto em ação, se necessário. Mesmo considerando que metade dos brasileiros que residem na Coreia do Sul tem dupla nacionalidade, “e podem não querer deixar o país”, Serra diz que o plano de contigência inclui a todos.

Na Coreia do Norte, há apenas três brasileiros: Schenkel, a mulher e o filho. De acordo com o encarregado de negócios, a vida também segue sem muitas alterações, considerando o rígido regime imposto po Kim Jong-un e sem maiores informações sobre uma estratégia de segurança, em caso de conflito. “Por aqui, se existe plano de contingência para a população local, ninguém informa a respeito. Sobre as embaixadas e escritórios das organizações internacionais, cada uma tem seu plano, sendo que os estrangeiros têm bastante contato entre si para intercâmbio de informações sobre um eventual perigo, até porque é uma comunidade pequena”, detalhou Schenkel a O Globo.

Fonte: Minuto

Brasileiros consomem cinco litros de agrotóxicos por ano

Brasileiros consomem cinco litros de agrotóxicos por ano

Brasil não tem nenhum registro de ovo contaminado por finopril, como 16 países da Europa, além de Hong Kong. O brasileiro convive, no entanto, com a contaminação alimentar de uma maneira alarmante. Conforme estudos do Instituto Nacional do Câncer (Inca), cada brasileiro consome cinco litros de veneno por ano. A ingestão se dá por meio de alimentos carregados de agrotóxicos usados na agricultura.

A água também sofre o efeito do uso indiscriminado de pesticidas, herbicidas e inseticidas. Só em 2010, nas contas do Inca, o mercado brasileiro comprou US$ 7,3 bilhões em agrotóxicos. E, por meio das plantações com excesso destas substâncias, além do alimento, o ciclo de intoxicação acaba atingindo mamíferos, peixes, aves e insetos.

A Associação Brasileira de Saúde Coletiva (Abrasco) estima que os alimentos que mais recebem agrotóxicos no Brasil são: soja (40%), milho (15%), cana-de-açúcar e algodão (10% cada), cítricos (7%), café, trigo e arroz (3 cada%), feijão (2%), batata (1%), tomate (1%) maçã (0,5%) e banana (0,2%). De acordo com a pesquisadora e professora de Geografia Agrária da Universidade de São Paulo (USP), Larissa Bombardi, o agrotóxico mais vendido no Brasil é o glifosato.

“Se a gente pensar na quantidade de toneladas de glifosato que é vendido no Brasil, é grave. Para a Organização Mundial da Saúde (OMS) o glifosato pode vir a causar câncer. A gravidade da nossa permissividade é essa. Vejo como um atentado à saúde da população como um todo”, alertou a pesquisadora ao Correio da Bahia. Em um estudo de 2012, a pesquisadora já alertava que, no Brasil, entre 1999 e 2009, uma pessoa sofria intoxicação por agrotóxico a cada 90 minutos. Nas conta de Bombardi, foram mais de 60 mil pessoas intoxicadas em 10 anos.

Os índices ainda poderiam ser mais graves, já que, segundo o estudo, para cada notificação de intoxicação, 50 deixam de ser registradas. Dentre os principais perigos à saúde listados pela Abrasco, em dossiê, entre 2005 e 2015, estão alterações no cromossomo, lesões hepáticas, contrações musculares involuntárias, asma e arritmias cardíacas; fungicidas, doença de Parkinson e cânceres. Isso se forem listados apenas os males relacionados a agrotóxicos classificados como inseticidas. Já os herbicidas podem induzir a produção de enzimas hepáticas, de vários tipos de câncer, fibrose pulmonar, entre outras enfermidades.

Doria fará três viagens ao Norte e Nordeste na próxima semana

O périplo começa por Palmas (TO), onde ele participará de um encontro com lideranças tucanas

Doria fará três viagens ao Norte e Nordeste na próxima semana

prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB-SP), cumprirá agenda digna de pré-candidato à Presidência da República na próxima semana. De segunda-feira (14) a sexta-feira (18), ele fará três viagens por quatro cidades do Norte e do Nordeste.

O périplo começa por Palmas (TO), onde ele participará de um encontro com lideranças tucanas e de uma reunião com empresários para “sensibilizar o empresariado para a importância de uma gestão ética e eficiente”, como está sendo divulgado em jornais da cidade. De acordo com a assessoria do prefeito paulistano, ele volta na mesma noite para São Paulo.

Na quarta-feira (16), Doria embarca para Natal (RN), onde receberá o título de cidadão natalense. A homenagem foi proposta pelo vereador Raniere Barbosa, que está afastado do cargo por ordem da Justiça -ele é investigado por suposto desvio de R$ 22 milhões no período em que comandou a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos da capital do Rio Grande do Norte.

Doria retornará à capital paulista na mesma noite. Passa a quinta (17) em São Paulo.

Já na sexta, viaja para Fortaleza, onde se encontrará com empresários para “mostrar resultados de sua gestão”, segundo divulgação local. Na mesma noite, ele vai ao Recife jantar com empresários.

O prefeito tem ainda outras duas viagens agendadas no mês: para Vila Velha (ES), no dia 23, e para Campina Grande (PB), no dia 31.

Com informações da Folhapress.