Radialista Josafá Reis será o homenageado no São João de Araripina

Desde o ano passado, a Prefeitura de Araripina homenageia, durante os festejos juninos, pessoas que foram importantes para a história do município.

Por meio das redes sociais, o prefeito Raimundo Pimentel anunciou que o escolhido do São João deste ano será o radialista pioneiro
na comunicação da região do Araripe Josafá Costa Reis.

Josafá, hoje com 80 anos, dedicou sua vida ao rádio e comandava o programa “Chora Coração” na antiga rádio Grande Serra AM por mais de 35 anos.

funcionário da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), morreu depois de levar um choque

O incidente aconteceu na manhã deste sábado na Vila Três Vaqueiros

Um funcionário da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe), morreu depois de levar um choque na Vila Três Vaqueiros, em Araripina, no Sertão de Pernambuco. O incidente aconteceu no final da manhã deste sábado (15). O eletricista recebeu a descarga elétrica de um poste do local.

Foto: arquivo familiar

Segundo as primeiras informações, a vítima de prenome Alex, trabalhava com linha viva e residia em Araripina. No local ainda foi realizado um procedimento médico na tentativa de reanima-lo mas ele não resistiu e veio a óbito.

O corpo deve ser levado para o Instituto de Medicina Legal (IML), de Petrolina, no Sertão do São Francisco. A Celpe deve divulgar uma nota nas próximas horas sobre o incidente e também apurar as causas.

Alexsandro Pedro da Silva, colaborador da CGB, empresa que presta serviços à Celpe, morreu durante execução de serviço na rede de energia na manhã deste sábado

Por meio de nota enviada a este Blog, a  Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) comentou a morte do eletricista Alexsandro Pedro da Silva, colaborador da CGB, empresa que presta serviços à Celpe, durante execução de serviço na rede de energia na manhã deste sábado (15) em Araripina, no Sertão do Araripe.

Leia a nota

“A Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) lamenta o falecimento do eletricista Alexsandro Pedro da Silva, colaborador da CGB, empresa que presta serviços à Celpe, na manhã deste sábado. A concessionária informa que está apurando as causas do acidente e prestará o auxílio necessário.”

Blog Roberto.

Polícia apreende 8 alunos por arremessarem livros em professora e jogarem carteiras em Carapicuíba

https://g1.globo.com/google/amp/sp/sao-paulo/noticia/2019/06/03/policia-apreende-8-alunos-por-arremessarem-livros-em-professora-e-jogarem-carteiras-em-carapicuiba.ghtml?fbclid=IwAR30nP_qwdJBsIDUBGl5Uba8gIZHfUTGhafHaOegJVJbpA-HHalPrQy_M0g 

Alunos arremessaram livros e carteiras em professora — Foto: Reprodução/TV Globo

A Polícia Civil apreendeu, nesta segunda-feira (3), oito alunos que foram gravados arremessando livros e carteiras em professora de uma escola estadual de Carapicuíba, na região metropolitana de São Paulo, na última sexta-feira (31).

Eles foram apreendidos em flagrante de ato infracional por associação criminosa.

Ainda segundo o delegado, eles devem responder por atos infracionais de dano ao patrimônio público, tentativa de lesão corporal contra a professora, injúria e ameaça.

Os outros dois estudantes não foram apreendidos, segundo a polícia, porque não foram encontrados. Eles deverão responder pelos mesmos atos infracionais.

A professora está internada por conta do estresse.

No vídeo que circula nas redes sociais, é possível ver que a professora da Escola Estadual Maria de Lourdes Teixeira é quase atingida por um livro. Ela tenta controlar os alunos, que seguem bagunçando as carteiras e gritando. Quando ela deixa a sala de aula, o vandalismo se generaliza.

A Diretoria Regional de Ensino de Carapicuíba afirmou, por meio de nota, “que repudia todo e qualquer ato de violência dentro e fora do ambiente escolar”.

Suspensões

Na manhã desta segunda, o secretário Estadual da Educação de São Paulo, Rossieli Soares, anunciou que sete alunos foram suspensos. A cena em que o grupo de estudantes arremessa objetos na professora foi gravada com um celular e circula nas redes sociais.

“São sete alunos que estão suspensos nesse momento, e a escola hoje à tarde reúne o Conselho Escolar, que envolve pais, professores e a comunidade, para tomada de decisão sobre o futuro desses meninos”, disse.

As punições poderão ser desde advertência até a transferência compulsória. A pasta vai orientar “para que a escola e o Conselho Escolar tomem a decisão no sentido da transferência compulsória”. “É inaceitável esse tipo de agressão a um profissional, a um professor”, disse Rossieli ao SP1.

Casos de agressão

O número de agressões a professores de São Paulo cresceu 73% em 2018 se comparado ao ano anterior, segundo levantamento feito pela GloboNews via Lei de Acesso à Informação. No ano passado, houve 434 agressões a professores da rede estadual, contra 251 contabilizados em 2017.

Na comparação com 2014, quando foram registrados 234 casos de agressões a professores da rede estadual, as ocorrências contabilizadas em 2018 representam uma alta de 83%.

Os dados são registrados desde 2014 pelo Registro de Ocorrência Escolar (ROE). O ano de 2018 foi o que mais teve agressões – o menor foi 2015, com 188 casos.

G1

Nilson Macedo Bezerra Prêmio da Medalha do Mérito Pernambucano Policial Militar

Nilson Macedo Bezerra destaca  ser eternamente agradecido a Deus pelo reconhecimento e destaque ao Prêmio da Medalha do Mérito Pernambucano Policial Militar, Maior Condecoração do Estado de Pernambuco… “Como na natureza das coisas, tudo vem no seu tempo certo… Muito obrigado senhor”. Concluiu Macedo.

 

Comissão na Câmara aprova relatório que garante 60% do FUNDEF para os professores

O deputado Federal JHC (PSB/AL), que vem em uma luta constante em defesa da Educação e da garantia dos direitos dos profissionais do Magistério, anunciou, na tarde desta quarta-feira (05), a aprovação do relatório da Comissão de Fiscalização Financeira e Controle (CFFC) que determina os prefeitos a pagarem os 60% dos precatórios do Fundef aos professores.

De acordo com JHC, a aprovação ocorreu na Comissão de Fiscalização Financeira e Controle depois de um intenso debate com relação à subvinculação, a garantia e a fiscalização da aplicação dos 60% dos Precatórios para os profissionais do Magistério.

O debate foi pautado com relação à proposta do Deputado João Carlos Bacelar (PODE/BA) Proposta de Fiscalização e Controle (PFC) 181/2018, que estabelece a obrigatoriedade, propondo que a Comissão de Fiscalização Financeira e Controle realize ato de fiscalização e controle, por meio do TCU, para garantir a destinação de 60% dos precatórios do FUNDEF para o pagamento dos profissionais do magistério. A proposta foi referendada pelo Relator, o deputado Fernando Rodolfo (PL/PE).

Para o relator, que recebeu o apoio do deputado alagoano, “o adicional é um reforço providencial em salários normalmente baixos e uma justíssima reivindicação dos professores”, conclui o parecer.

O projeto prevê ainda a aplicação das sanções previstas em lei aos gestores ou responsáveis, que fizerem o uso dos recursos em desacordo ou que se verifique violação do disposto no art. 22 da Lei 11.464, de 20 de junho de 2007, lei do FUNDEB, antigo FUNDEF.

De acordo com o relatório, “a execução da presente PFC dar-se-á mediante a realização, pelo TCU, de auditoria para verificar irregularidades no que tange à aplicação de recursos de precatórios do FUNDEF, a fim de garantir: 1) A destinação, aos profissionais de magistério, de pelo menos 60% dos valores pagos pela União aos Municípios a título de precatórios do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF), conforme disposto no art. 22 da Lei 11.464, de 20 de junho de 2007; 2) A aplicação das sanções previstas em lei aos responsáveis, em caso de verificação de violação do disposto no art. 22 da Lei 11.464, de 20 de junho de 2007; 3) A sustação de todo ato administrativo que viole o disposto no art. 22 da Lei 11.464, de 20 de junho de 2007.”

HIGH TECH Araripina participa do maior evento para provedores de internet da América Latina

Foi realizada de 05 a 07 de junho, no centro de convenções Frei Caneca em São Paulo, a 12ª edição do maior evento para provedores da América Latina, organizado pela ABRINT – Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações.

Buscando novidades e sempre querendo está atualizado com o mundo da internet, o empresário Gustavo Pinheiro da empresa High Tech Araripina, participou do evento. Esse é nono ano que ele participa. O empresário estava acompanhado do seu filho Breno Pinheiro, Jonathan oliveira Diretor de TI e Leonardo Batista Analista de Redes.

“É sempre bom está buscando novas ferramentas para oferecer um serviço de qualidade, e o evento da ABRINT a cada ano nos surpreende pela sua organização e pelos conteúdos que são colocados em pauta. O sucesso é tão eminente, que esse ano bateu record de público. Eu participo do evento desde 2012, então eu acompanho o crescimento do setor e sei que não podemos ficar de fora desse evento, pois ele nos enrriquece de conhecimento, fazendo a gente enxergar alem do que podemos. A internt não é mais o futuro, ela e o presente”, disse Gustavo.

Gustavo falou ainda da parceria e fortalecimento com o grupo Wirelink e, destaca que Araripina foi uma das primeiras cidades do estado a firmar essa parceria que já dura há anos.

Conheça mais sobre a Abrint

A ABRINT – Associação Brasileira de Provedores de Internet e Telecomunicações é uma associação civil, de fins não econômicos, que tem como objetivos a representatividade de seus associados junto a sociedade, governo e órgãos reguladores nos assuntos pertinentes ao setor.

Os associados da ABRINT estão em todos os estados brasileiros e representam empresas de provimento de acesso à internet que promovem, desde os primórdios da rede, ampla inclusão digital do país, levando banda larga de qualidade a cidades onde as grandes operadoras têm pouco interesse comercial. Juntos, formam a quarta maior empresa de comunicação do país, segundo o Comitê Gestor da Internet do Brasil (CGI), o que denota a importância dos provedores regionais de internet para a integração do maior país da América do Sul. Os provedores regionais têm na ABRINT a representação institucional e política necessárias à garantia de um ambiente competitivo saudável e à consequente ampliação da oferta de serviços e crescimento dos seus negócios.

AF Newss/Fotos e Vídeo: Reprodução

Orgia com gastos no Senado tem Alcolumbre como principal protagonista

Orgia com gastos no Senado tem Alcolumbre como principal protagonista

Davi Alcolumbre é representante do Amapá, nascido na capital, começou sua carreira política como vereador de Macapá, eleito em 2000. É de família abastada e certamente tem uma belíssima residência na cidade.

No entanto, o presidente do Senado Federal gastou a bagatela de R$ 1 milhão em diárias em um hotel de Macapá.

O hotel em referência tem diárias em torno de R$ 140. Assim, Alcolumbre gastou o equivalente a 7 mil diárias, numa cidade onde possui residência.

Outros senadores seguem o exemplo do presidente, como Telmário Mota, que pagou R$ 24 mil a um prestador de serviços que afirma nunca ter emitido qualquer nota para justificar o gasto.

As estapafúrdias regras de transparências, dispensa esses senhores de justificarem os seus absurdos gastos.

Uma vergonha!

Fonte: Revista Época

Brasil estreia com goleada 3 x 0 sobre a Jamaica na Copa do Mundo feminina

Crédito: Jean-Pierre Clatot / AFP

Após uma sequência de nove derrotas e sem poder contar na estreia com a craque Marta, o Brasil estreou bem na Copa do Mundo feminina e venceu a Jamaica por 3 a 0, com três gols de Cristiane, neste domingo em Grenoble, na França.

A camisa 11, de 34 anos, aproveitou dois passes de Andressa Alves (15 e 50) e marcou o terceiro em uma cobrança de falta (64) para dar os três pontos a seleção brasileira, que agora lidera o grupo C, à frente da Itália, que horas antes surpreendeu a Austrália, vencendo por 2 a 1 de virada.

Após uma preparação caótica e marcada por lesões e maus resultados – nove derrotas consecutivas -, a seleção se aproveitou de uma adversária frágil e venceu sem grandes dificuldades.

O primeiro gol saiu logo aos 15 minutos de jogo, com uma cabeçada certeira de Cristiane. No restante da etapa inicial, o Brasil ainda desperdiçou inúmeras chances claras, especialmente com Debinha e Andressa Alves, que perdeu um pênalti.

Aos quatro minutos do segundo tempo, no entanto, Cristiane se livrou da marcação e, sozinha, empurrou para o gol. Já aos 19, a artilheira completou o hat-trick com uma bela cobrança de falta que fez a bola bater no travessão e quicar apenas alguns centímetros dentro da meta de Schneider.

Além de encerrar uma série de nove derrotas seguidas, a vitória coloca o Brasil na liderança do grupo C da Copa, que promete ser um dos mais disputados. A Itália, que derrotou a favorita Austrália por 2 a 1, tem os mesmos três pontos, mas está em desvantagem no saldo de gols.

O próximo adversário da seleção é a Austrália, em 13 de junho, enquanto a Azzurra encara a Jamaica, no dia seguinte.

ISTOÉ

Acesso a Bomba está precisando de limpeza

Uma via da Bomba que da acesso às proximidades do Planalto aqui em Araripina, está tomada pelo matagal, seria ótimo passar um trator limpando o local e abrindo assim a possibilidade do fluxo de carros e facilitaria a vida dos estudantes que usam esse local para chegarem a escola Bonifácio, além dos carros que precisa de oficinas mecânicas, casas de peças e fluxo em geral.

Piauí – Juiz proíbe Ribinha de repassar precatórios do Fundef a sindicato

O magistrado Júlio Cesar Menezes Garcez, aceitou o pedido do Ministério Público e determinou que o município de Campo Maior não execute a divisão das verbas advindas dos precatórios.

O juiz de Direito da 2ª Vara da Comarca de Campo Maior, Júlio Cesar Menezes Garcez, aceitou o pedido do Ministério Público do Estado do Piauí e determinou que o município de Campo Maior, administrado pelo prefeito Professor Ribinha, suspenda a execução da divisão das verbas advindas dos precatórios judiciais do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (FUNDEF) e do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação (FUNDEB). Os valores totalizam R$17.219.805,92.

De acordo com MPPI, os recursos não podem ser divididos entre particulares e servidores públicos municipais, como pretendia aplicar a gestão municipal, pois o destino de toda e qualquer receita pública, seja essa ordinária ou extraordinária, é a concretização dos deveres constitucionais do município, dentre eles, a promoção da manutenção e desenvolvimento da educação básica e a valorização dos profissionais da educação.

A instituição ministerial advertiu que a gestão municipal não deveria passar para o sindicato, como planejava, entidade de representação da classe dos profissionais da educação, a gestão e o rateio das verbas porque essa postura fere o princípio da autonomia administrativa dos entes federativos. A gestão de recursos públicos não pode ser delegada a entes privados, como sindicatos.

TCU

O Tribunal de Contas da União(TCU) expediu o acórdão Nº 2866/2018 relatando que verbas públicas não podem ser utilizadas para pagamentos de rateios, abonos indenizatórios, passivos trabalhistas ou previdenciários, remunerações ordinárias, ou de outras denominações de mesma natureza, aos profissionais da educação.

Segundo o MPPI, apesar da existência de decisão plenária do TCU, o município defendeu que a gestão municipal é dotada de discricionariedade e autonomia para utilizar a receita oriunda do precatório judicial da forma que melhor atenda o interesse público e a conveniência da administração, obviamente, respeitada a destinação constitucional e legal das verbas.

O Juiz de Direito da 2ª Vara da Comarca de Campo Maior determinou que o município suspenda a execução da divisão das verbas, pois o rateio autorizado não se enquadra no conceito de remuneração e aperfeiçoamento do pessoal docente e demais profissionais da educação.