“Deus e o cinto de segurança nos salvaram” diz empresária ipubienses após grave acidente

Imagem

Carro modelo Idea Fiat com perca total.

 

No fim da tarde deste domingo (27), por volta das 16h, a 5km de Bodocó, mais precisamente no Sítio Algodão, a empresária lojista Ronicléia Tasso e sua irmã a enfermeira Ronicleide moradoras de Ipubi sofreram grave acidente de carro, vindo a capotar mais de cinco vezes quando perderam controle da direção caindo dentro de um açude que estava vazio (por sorte).

As mesmas foram socorridas pelo Corpo de Bombeiros e moradores das imediações e levadas até o hospital Regional de Ouricuri.

De acordo com Ronicléia, Deus e o cinto de segurança salvaram suas vidas.

“Deus nos ajudou, nos livrou da morte, hoje mais do que nunca sabemos da importância do cinto de segurança e aconselhamos todas as pessoas a usarem o cinto”, disse.

Mesmo com o estrago do carro, elas sofreram apenas algumas escoriações e foram submetidas a exames.

Usar o cinto de segurança no veículo evitaria uma alta porcentagem de mortes causadas por acidentes de trânsito, algo demonstrado por todas as investigações e estudos realizados até hoje. Foi provado que o cinto é a ferramenta de segurança mais eficaz para prevenir as consequências de qualquer acidente de trânsito.

Use o cinto de segurança, coloque-o sempre e proteja sua vida na estrada!

http://www.anaabrantes.com

NUNES RAFAEL É PRÉ-CANDIDATO A PREFEITO DE ARARIPINA

Imagem

IMG-20150922-WA0030O suplente de deputado federal Nunes Rafael (PHS) confirmou nesta terça-feira, 22, que é pré-candidato a prefeito de Araripina nas eleições de 2016. Ele concedeu entrevista no Programa Canal Aberto da Rádio Arari com o ancora Martinho Filho, e na oportunidade disse que o PHS tem como projeto político para 2016 disputar as eleições majoritárias em pelo menos 30 municípios de Pernambuco e que Araripina está entre elas.

Falou da sua trajetória política e não escondeu a sua decepção com os grupos políticos do município, que segundo ele, tiveram o seu apoio político mais não lhe retribuíram com o mesmo apoio. “Votei nos grupos políticos de Araripina e nenhum deles votou em minhas candidaturas a deputado federal. Então, não tenho como mais acompanhar grupo e sim formar o meu próprio grupo. Vou andar em Araripina discutindo um projeto político novo para o município, levando propostas para todos os setores e para a população”, disse Nunes.

por  

DÓLAR FECHA ACIMA DE R$ 4 PELA PRIMEIRA VEZ NA HISTÓRIA DO REAL

Imagem

dolar

Estado de Minas

Diario de Pernambuco

A cotação do dólar fechou as negociações do mercado financeiro nesta terça-feira batendo o recorde histórico: fechou a R$ 4,0538 superando o recorde de 2002,que era de R$ 3,99. A valorização de hoje foi estimulada por boato de alta de juros nos EUA e incertezas de que o governo federal possa conseguir realizar as medidas necessárias do pacote de ajuste da economia brasileira.

Durante todo o dia o dólar operou acima dos R$ 4. Pouco depois das 9h30 da manhã a moeda norte-americana era negociada a R$ 4,026 representando alta de 1,14%. Durante a manhã o dólar não parou de oscilar. Às 13h35 a cotação alcançou seu maior valor no dia: R$ 4,0607.

Ontem, o Banco Central anunciou um leilão de venda de até US$ 3 bilhões com compromisso de recompra, depois da pressão de alta. O BC também afirmou que dará continuidade ao seu programa de interferência diária no câmbio, com oferta de até 9,45 mil contratos.

A cotação da moeda não tem caído nos últimos dias, apesar de o Federal Reserve (Fed), o Banco Central norte-americano, ter adiado o aumento da taxa básica de juros da maior economia do planeta, na reunião da última quinta-feira (17).

Desde o fim de 2008, os juros nos Estados Unidos estão entre 0% e 0,25% ao ano. Na época, o Fed cortou a taxa para estimular a economia americana em meio à crise no crédito imobiliário. A última elevação de juros nos EUA ocorreu em 2006.

Juros mais altos atraem capital para os títulos públicos americanos, considerados a aplicação mais segura do mundo. Os investidores retiram recursos de países emergentes, como o Brasil, pressionando a cotação do dólar.

Efeitos da alta
A alta do dólar deve derrubar o Brasil no ranking das maiores economias do mundo, elevar a dívida externa das empresas em reais e pressionar os índices de inflação. A vantagem da desvalorização do real será a melhora no setor externo, com uma redução do déficit em transações correntes.

Segundo ranking elaborado pela Austin Rating, a escalada do dólar, associada ao baixo crescimento econômico, fará o Brasil perder a 8ª posição entre as maiores economias globais. O cálculo foi baseado em dados do Fundo Monetário Internacional (FMI), pesquisa Focus (18/09/15) e câmbio de ontem.

Dólar turismo
Nas casas de câmbio do Recife, o dólar turismo foi comercializado por até R$ 4,52. Confira algumas cotações abaixo:

Premier Câmbio
R$ 4,15 (em espécie)
R$ 4,42 (cartão pré-pago + IOF)

Cambiall Cash
R$ 4,22
Não trabalha com cartão

Boa Viagem Câmbio
R$ 4,18
R$ 4,43

Europa Câmbio
R$ 4,21
R$ 4,52

Labor Câmbio
R$ 4,15
R$ 4,41

Share Button

ELABORAÇÃO DA LOA – LEI ORÇAMENTÁRIA ANUAL 2016 E REVISÃO DO PPA – PLANO PLURIANUAL 2014/2017

Imagem

A mostrar audienciapublicatrindade - Copia.jpg

O PREFEITO DO MUNICÍPIO DE TRINDADE, TEM A HONRA DE CONVIDAR TODA POPULAÇÃO PARA PARTICIPAR DE AUDIÊNCIA

PÚBLICA DIA 24 DE SETEMBRO ÀS 14:00H NO AUDITÓRIO DA SECRETARIA DE EDUCAÇÃO PARA ELABORAÇÃO  DA LOA – LEI

ORÇAMENTÁRIA ANUAL 2016 E REVISÃO DO PPA – PLANO PLURIANUAL 2014/2017.

 

CONTAMOS A COM SUA PARTICIPAÇÃO PARA JUNTOS PENSARMOS AS POLÍTICAS PÚBLICAS PARA A MELHORIA DE NOSSA CIDADE.

 

SUA PRESENÇA É FUNDAMENTAL.

 

 

ANTÔNIO EVERTON SOARES COSTA

PREFEITO MUNICIPAL

Aumento de impostos em pacote

Imagem

   Aumento de impostos em pacote

O governador Paulo Câmara (PSB) anunciou, ontem, o “pacote da crise”, remetido à Assembleia Legislativa para levar o Estado a tentar atravessar o período mais grave da recessão nacional, previsto para os próximos seis meses. As medidas estão relacionadas a aumento de impostos, mas conforme enfatizou o secretário da Fazenda, Márcio Stefanni, preservam os assalariados.

Se a Assembleia aprovar o aumento de tributos como IPVA, ICMS e ICD, serão injetados nas contas do Estado recursos na ordem de R$ 487 milhões a partir de 2016. Duas das medidas preveem o escalonamento da carga tributária cobrando mais imposto de bens e veículos de maior valor.

A alíquota do Imposto sobre Causa Mortis e Doação (ICD), incidente sobre a transmissão de bens móveis, imóveis ou direitos por herança ou doação, passa dos atuais 2% ou 5% para uma escala de 0% a 8%, dependendo do valor do bem. A faixa de isenção do imposto aumenta de R$ 5 mil para R$ 50 mil e passam a ser tributados com a alíquota máxima os bens acima de R$ 400 mil.

O Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores (IPVA) também terá sua alíquota escalonada, indo de 0% a 6%, onde a alíquota mais alta será cobrada dos veículos de maior valor. Carros com até 180 cavalos-vapor (CV) passam a ser tributados em 3% e acima disso a alíquota será de 4%.

Aeronaves e embarcações pagarão 6% de IPVA. “A crise nos atingiu em cheio. Essas duas medidas são uma forma de tributar mais aqueles contribuintes com maior renda, inclusive proprietários de aeronaves, lanchas e jet skis, sem afetar a população menos favorecido”, ressalta o secretário da Fazenda.

As “cinquentinhas” (motocicletas de até 50 cilindradas) também passam a ser tributadas com IPVA, em 2,5%, como forma de amenizar as despesas do Estado com os envolvidos em acidentes de moto. Nas operações com motocicletas, a alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobe de 12% para 18%.

O Governo do Estado também vai alterar as alíquotas do ICMS incidentes sobre a gasolina e o álcool para incentivar a substituição do combustível fóssil pelo renovável. A alíquota da gasolina sobe de 27% para 29%, enquanto que a do álcool cai de 25% para 23%. “Essa também é uma forma de garantir os empregos no setor sucroalcooleiro, principalmente num momento em que o Estado beneficia as usinas que se encontram em recuperação judicial tais como Pumaty e Cruangi, que voltaram a moer”, disse Stefanni.

As medidas chegam num momento em que a receita orçamentária do Estado despenca. De janeiro a julho houve uma redução da ordem de R$ 1,2 bilhão, representando uma variação nominal negativa de 7,2% na comparação com o mesmo período do ano passado. O ICMS está crescendo 4%, bem abaixo da inflação acumulada medida pelo IPCA, de 9,5%.

Já os repasses da União, somando o Fundo de Participação dos Estados (FPE) e convênios, apresentam um crescimento nominal pífio de 1%, ainda mais abaixo da inflação. Além disso, os estados estão impedidos de contratar novas operações de crédito, inviabilizando novos investimentos. Acompanhando o movimento dos demais estados do Nordeste e as deliberações do Conselho Nacional de Política Fazendária (Confaz), Pernambuco está alterando as alíquotas de ICMS incidentes sobre serviços de telecomunicação, de 28% para 30%, e de TV por assinatura, de 10% para 15%.

O aumento na alíquota sobre os serviços de telecomunicações será destinado ao Fundo de Combate à Pobreza, que financia a assistência social e a saúde do Estado. Para os produtos que não contam com legislação específica a alíquota modal do ICMS sobe de 17% para 18%, a mesma já praticada pelos Estados do Sul e do Sudeste e que também está sendo adotada pelos governos da Paraíba, Rio Grande do Norte, Alagoas e Distrito Federal.

Já a indústria local, segundo o Governo, será beneficiada com uma série de medidas, como a limitação de sua base de cálculo para operações internas, de tal forma que a carga tributária seja equivalente à aplicação do percentual de 18% sobre o valor da operação, quando hoje pode chegar a 27%. Outra medida é a disposição de contra-atacar proteções existentes em outros estados do Nordeste (reserva de mercado) em relação à compra de insumos em desfavor da indústria pernambucana, a exemplo do trigo.

Para melhorar as relações tributárias, o Governo de Pernambuco está reduzindo todas as multas de penalidades para 100%, quando hoje o teto é de 280%, com a possibilidade de parcelamento de débitos fiscais. Ainda no item melhoria nas relações tributárias, a lei do ICMS será consolidada, simplificando o cumprimento das obrigações fiscais e facilitando a vida do contribuinte pernambucano.

EM BAIXA– O programa Mais Médicos contabiliza 820 baixas desde que foi lançado em 2013. Os motivos alegados para o desligamento vão desde a aprovação em residência médica, problemas pessoais, além das condições de trabalho. A maioria dos casos está concentrada na Região Nordeste e nas pequenas cidades do interior. Apesar dos desligamentos, programa conta com 17.790 profissionais em atividade. De acordo com levantamento feito pelo jornal O Globo, 90% dos casos de desistência são feitos por médicos que já possuem o registro profissional no Brasil.

De bronca com o prefeito Na palestra ontem a empresários do Lide Pernambuco, presidido por Drayton Nejaim Filho, o deputado Jarbas Vasconcelos (PMDB) deixou transparecer que anda magoado com o prefeito do Recife, Geraldo Júlio (PSB), a quem se referiu de forma monossilábica, enquanto se derramou em elogios ao governador Paulo Câmara. Perguntado se pensa em disputar a Prefeitura do Recife, como espalham aliados, não negou nem desmentiu.

 

 

 

 

Fusão– A mudança mais significativa na discussão da reforma de Dilma é a fusão de quatro pastas em torno do Ministério da Cidadania, que deve incorporar Secretaria-Geral da Presidência (SGP), Secretaria de Direitos Humanos, Secretaria das Mulheres e Secretaria da Igualdade Racial.  Para comandar o Ministério, um dos nomes mais cotados é o do atual ministro Miguel Rosseto (Secretaria-Geral da Presidência). A tendência petista Democracia Socialista (DS), da qual Rossetto faz parte, trabalha para manter espaço no governo, já que, confirmada essa fusão, a tendência perderia o ministro Pepe Vargas (Direitos Humanos).

Nova convenção– Na queda de braço com o grupo da ex-prefeita Jacilda Urquisa pelo controle do PMDB em Olinda, o deputado Ricardo Costa conseguiu anular a convenção. Em nota, a Executiva Estadual informa que foram identificadas irregularidades no processo de escolha do novo Diretório Municipal, liderada pela ex-prefeita Jacilda Urquisa. O partido deve convocar para compor a provisória do PMDB em Olinda a própria ex-prefeita Jacilda Urquisa, a   ex-candidata a prefeita, Izabel Urquisa, o vereador Jorge Federal e o deputado estadual Ricardo Costa, além de Carlos Wilson Veras, que presidirá a Comissão na condição de representante da Executiva Estadual.

PT no balaio de Coutinho– O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), conseguiu empurrar o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (ex-PT e agora PSD), para fora do seu arco de aliança, segundo revela o jornalista Eron Cid, do site MaisPB. E ganhou, segundo ele, o PT de troco. “Daqui para frente, Ricardo, premiado pela possibilidade agora real e concreta de ter a legenda com o maior tempo de televisão e até aqui dona do Palácio do Planalto, vai fortalecer, naturalmente, os laços com o combalido Governo da presidente Dilma”, canta a pedra o colunista paraibano.

 

CURTAS 

GOVERNADORES– De autoria de Jorge José Santana, o livro “Os governadores de Pernambuco – Breve história” – foi lançado, ontem, no Salão das Bandeiras, no Palácio do Campo das Princesas. Ao todo, 443 páginas de histórias e curiosidades sobre os governadores de Pernambuco, entre os quais Agamenon Magalhães, Etelvino Lins, Miguel Arraes e Eduardo Campos. No livro também um pouco sobre os presidentes do Brasil.

DELIQUENTE- Depois do ex-ministro Ciro Gomes chamar o presidente da Câmara, Eduardo Cunha, de vagabundo, ontem foi a vez do deputado Jarbas Vasconcelos, em palestra para empresários, classificar o peemedebista carioca de delinquente. E Jarbas disse que não tem nenhum receio de ser processado.

Perguntar não ofende: Depois de Joaquim Francisco, quem será o próximo a jogar a toalha no PSB?

Por: www.blogdomagno.com.br/

Paulo vai à posse de Rogério Fialho no TRF5

Imagem

O governador Paulo Câmara prestigiou, ontem, a posse do novo presidente do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), Rogério Fialho, que substituiu Marcelo Navarro, nomeado ministro do Superior Tribunal de Justiça (STJ). A cerimônia aconteceu no pleno da entidade, no Recife Antigo.

“Rogério Fialho continuará o trabalho desenvolvido pelo desembargador federal Marcelo Navarro, em favor de uma justiça mais ágil e que chegue a todos os que precisam. Temos confiança na atuação da Justiça Federal e no TRF da 5ª Região”, afirmou Paulo Câmara.

  por Magno Martins

 

PSB DE ARARIPINA SE FORTALECE COM A CHEGADA DE 04 NOVOS FILIADOS

Imagem

Neste sábado, 19, o governador Paulo Câmara esteve cumprindo agenda política na região do Araripe. A agenda principal do governador foi justamente participar de um grande ato de filiações de prefeitos, ex-prefeitos, vereadores, vice-prefeitos e lideranças políticas da região. O diretório do PSB de Araripina ganhou o reforço de 04 importantes lideranças políticas. Integram a legenda a partir de agora o vereador Francisco Edivaldo, o ex-vereador Leonardo Batista; o empresário Moisés Filho e o suplente de vereador Edsávio Coelho. Em Araripina, o PSB é presidido por Roberta Arraes e tem como principal liderança o prefeito Alexandre Arraes, que integra o Diretório Estadual. Tem ainda em seus quadros os vereadores Luciano Capitão (presidente da Câmara Municipal), João Dias e Humberto Filho. (Fotos: Fabiano Alencar)

Conferência das Mulheres em Trindade discutiu ‘Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres’

Imagem

A mostrar DSC_0945.JPG

Uma manhã emocionante com homenagens, biografias, presentes e reconhecimento pela força e expressão da Mulher trindadense e sua valiosa participação pública tomou conta do auditório da Educação do Município nesta quinta-feira (17/09).

Com o tema Mais Direitos, Participação e Poder para as Mulheres’, a Prefeitura de Trindade, através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Coordenadoria da Mulher realizou um grande encontro para propor, discutir, sugerir e votar novos caminhos para o fortalecimento da inclusão e participação da mulher nos órgãos públicos.

A primeira dama Dra. Conceição Barros (secretária de Finanças), a secretária de Ação Social Rosilene Miranda (Mana) foram homenageadas pelas senhoras do SCFV, bem como Toinha do Sindicato, a escritora Jorgina Delmondes Silva, Maria Lucidalva de Souza Santana, Laura Marina da Silva Assunção, Maiara da Silva Santos e Jaque Luciana, além de várias outras personalidades que foram destaques no município foram lembradas a exemplo de Zizi Carneiro (In Memorian), entre outras na fala emocionante da Coordenadora da Mulher Municípal Marlene Souza.

O prefeito Dr. Everton Costa fez questão de lembrar do equilibrou que encontra com a participação da mulher seja na sua vida pessoal com sua esposa e filha, ou com as mulheres que se dispõe com muita união, coragem e determinação na execução dos trabalhos da atual gestão e ainda solicitou que fosse defendido nos grupos levado a votação a implantação da Secretaria da Mulher e a Delegacia Regional da Mulher a ser em Trindade.

O secretário de Administração Chico Leite também fez seu pronunciamento reconhecendo a evolução feminina e a sua importância na participação política local.

Presentes na conferência, além dos citados, as conferencistas Dra. Jucilene Figueira, Dra. Marcia Soares, as vereadoras Thayse Cunha (líder do governo na Câmara), Pollyanna Sá e Elbi Rodrigues, os secretários municipais Dra. Suênia Darla (Saúde), Juka Sá (Educação), a representante da Secretaria da Mulher Estadual – Lourisvanda, Francisca da FETAPE, a presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais Rizia Lúcia Ferreira Lima, representantes do Fórum da Mulher, Agentes de Saúde, entre demais órgãos competentes e sociedade civil.

Apresentações artísticas também foram feitas com as Mulheres do PAIF (CRAS), Hino de Trindade pelo Coral do PETI e a representação em forma de dança da música Mulher de Elba Ramalho, entre vídeos que emocionaram a todos.

No decorrer da Conferência houve exposição dos produtos das mulheres rurais, do API e também ofertas dos serviços de saúde com aferição de pressão, glicose, entre outros.

Os trabalhos de grupo foram discutidos propostas para a conferência estadual, seguido da plenária e votação dos representantes.

 

Da Assessoria de Imprensa – Prefeitura de Trindade

Honda Civic: veja a linha do tempo do modelo desde o lançamento

Imagem

Desde 1972, foram mais de 30 milhões de unidades vendidas.
Marca irá apresentar a décima geração do modelo nos Estados Unidos.

 

O Civic é o veículo mais importante da história da Honda. De 1972 até hoje, foram mais de 30 milhões de unidades comercializadas em todo o mundo. Conheça a história do modelo nesta linha do tempo, passando de geração em geração.

Primeira geração do Honda Civic, de 1972 (Foto: Divulgação)
Primeira geração do Honda Civic, de 1972 (Foto: Divulgação)

O Honda Civic nasceu em 1972 como um hatch compacto de 2 ou 4 portas ou perua. Trazia um pequeno motor de 4 cilindros e 1.2 litro. Foi eleito o carro do ano no Japão por três anos consecutivos.


Segunda geração do Honda Civic, de 1979 (Foto: Divulgação)
Segunda geração do Honda Civic, de 1979 (Foto: Divulgação)

Sete anos após o lançamento, o Civic ganhou uma 2ª geração, mais espaçosa, e com motores mais potentes e econômicos, além da uma carroceria sedã. Tinha transmissões manual de quatro marchas ou automática, de duas velocidades. E isso é que é retrovisor externo, não é?


Terceira geração do Honda Civic, de 1983 (Foto: Divulgação)
Terceira geração do Honda Civic, de 1983 (Foto: Divulgação)

Pela primeira vez, o Civic teve uma versão esportiva, Si. No Japão, era oferecido com motor 1.6 de 118 cavalos com duplo comando de válvulas. Nos EUA, o modelo ganhou destaque por ser um dos mais econômicos.


Quarta geração do Honda Civic, de 1987 (Foto: Divulgação)
Quarta geração do Honda Civic, de 1987 (Foto: Divulgação)

O sedã começou a se destacar em relação ao hatch na quarta geração. Nesta época, ele se destacou pela qualidade de construção. Ele contava com suspensão traseira independente e, no mercado americano, todas as motorizações tinham injeção eletrônica.


Quinta geração do Honda Civic, de 1991 (Foto: Divulgação)
Quinta geração do Honda Civic, de 1991 (Foto: Divulgação)

O início dos anos 1990 marcou a introdução da tecnologia VTEC no Civic. A 5ª geração ganhou linhas mais arredondadas, e foi a primeira vendida no Brasil, importada a partir de 1992, nas versões hatch, sedã e cupê.


Sexta geração do Honda Civic, de 1995 (Foto: Divulgação)
Sexta geração do Honda Civic, de 1995 (Foto: Divulgação)

Uma 6ª geração foi anunciada. Dois anos depois, a Honda inaugurou sua primeira fábrica de automóveis no Brasil, passando a produzir o sedã no país. Pela primeira vez, o Civic ganhou uma transmissão CVT.


Sétima geração do Honda Civic, de 2000 (Foto: Divulgação)
Sétima geração do Honda Civic, de 2000 (Foto: Divulgação)

Esta geração ganhou assoalho traseiro plano, para aprimorar o espaço interno. Uma inédita versão híbrida foi lançada, enquanto as opções a combustão adotaram um motor 1.7. No meio da vida, ela ganhou uma reestilização.


Oitava geração do Honda Civic, de 2006 (Foto: Divulgação)
Oitava geração do Honda Civic, de 2006 (Foto: Divulgação)

O Civic passou pela maior reformulação para chegar à 8ª geração. As linhas, até hoje contemporâneas, foram consideradas revolucionárias na época. No Brasil, adotou motor flex. A versão Si, com 192 cv, foi o modelo mais potente feito no país durante anos.


Nona geração do Honda Civic, de 2012 (Foto: Divulgação)
Nona geração do Honda Civic, de 2012 (Foto: Divulgação)

A 9ª geração do Civic não trouxe as ousadias da anterior no design. Nos Estados Unidos, não agradou, e passou por umareestilização menos de dois anos após o lançamento. Em 2013, essa geração rendeu ao Civic a liderança em vendas no Brasil, entre sedãs médios, pela primeira vez desde 2008, superando o Toyota Corolla.


Honda Civic Si, relançado no Brasil em 2014 (Foto: Caio Kenji / G1)
Honda Civic Si, relançado no Brasil em 2014 (Foto: Caio Kenji / G1)

A versão mais esportiva do Civic, Si voltou ao Brasil. Com carroceria cupê de duas portas, ele usa uma receita antiga para obter desempenho: motor aspirado de 2.4 litros sem turbo. Ele desenvolve 206 cv.


Honda Civic Concept, apresentado no Salão de Nova York (Foto: Divulgação)
Honda Civic Concept, apresentado no Salão de Nova York (Foto: Divulgação)

No Salão de Nova York deste ano, a Honda apresentou um conceito que serve como inspiração para o desenho da 10ª geração. Na ocasião, a cor escolhida foi um verde metálico.