Prefeito de Jaboatão dos Guararapes tem carro e celular roubados no Grande Recife

Por G1 PE

Anderson Ferreira foi assaltado no distrito de Bonança (Foto: Danielle Fonseca/TV Globo)

Anderson Ferreira foi assaltado no distrito de Bonança (Foto: Danielle Fonseca/TV Globo)

Anderson Ferreira voltava sozinho de uma viagem ao interior quando parou o carro para tomar café da manhã em um restaurante localizado às margens da BR-232. Ao sair do local, ele foi abordado por um grupo, que anunciou o assalto.

A queixa foi prestada na Delegacia de Moreno. O G1 procurou a Polícia Civil para saber sobre a investigação do caso e aguarda resposta.

G1

Caixa reduz juros e aumenta teto para financiamento da casa própria

Resultado de imagem para casa propria noticia

Ilustração net

Caixa Econômica Federal anunciou nesta segunda-feira (16) a redução dos juros para financiamento da casa própria e o aumento do percentual do valor a ser financiado para compra de imóvel usado. As mudanças, que começam a valer hoje, são para linhas de financiamento que utilizam recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo.

A mudança ocorre após a Caixa reduzir duas vezes o teto de financiamento de imóveis em 2017, deixar de ter as taxas mais baixas do mercado e perder a liderança nas linhas de crédito com recurso da poupança entre novembro do ano passado e janeiro deste ano.

Para compra de imóveis pelo Sistema Financeiro Habitacional (SFH), onde estão enquadrados os imóveis residenciais de até R$ 800 mil para todo o país, exceto para Rio de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais e Distrito Federal, cujo limite é de R$ 950 mil, a taxa mínima de juros caiu de 10,25% para 9% ao ano.

Para imóveis enquadrados no Sistema de Financiamento Imobiliário (SFI), cujos valores dos imóveis são acima dos limites do SFH, a taxa mínima caiu de 11,25% para 10% ao ano.

O percentual do valor a ser financiado dos imóveis usados subiu de 50% para 70%. Para unidades novas, foi mantido o percentual de 80% no teto do financiamento. Antes das mudanças feitas em agosto do ano passado, a Caixa financiava até 80% de imóveis usados.

G1

INSS convoca 152 mil beneficiários para passar por ‘pente-fino’

eneficiários devem procurar o instituto até o dia 4 de maio sob o risco de terem o auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez bloqueados

INSS convoca 152 mil beneficiários para passar por 'pente-fino'

ECONOMIA OPERAÇÃO

A lista com os nomes das pessoas está publicada no Diário Oficial da União (DOU), e elas devem procurar o INSS até o dia 4 de maio, conforme o portal G1.

O Ministério do Desenvolvimento Social, pasta a qual o INSS é vinculado, planeja realizar 1,2 milhão de avaliações médicas até o fim deste ano. A convocação faz parte da segunda etapa da ação, que começou em março deste ano e chamou outras 94 mil pessoas para refazer a perícia médica.

Segundo balanço divulgado pelo governo, do total de chamados, apenas 10,1 se apresentaram. As pessoas que estavam na primeira lista têm até esta sexta-feira (13) para se apresentar ao INSS. Quem não agendar a perícia até o final do prazo terá o benefício bloqueado.

NOTÍCIAS AO MINUTO

Nota de Utilidade Pública

Diante do número de água (115 milímetros) nessa manhã de sexta-feira (6), no município de Trindade decretamos estado de alerta a população.

Tivemos diversas casas e prédios da cidade atingidos, além de vários prédios da Gestão Municipal prejudicados, com fortes alagamentos.

Portanto a Prefeitura Municipal de Trindade e todas as secretarias, ao exemplo de Obras, Administração e Ação Social, estão unidas e já estão realizando diversas ações nesse momento:

Ações de entrega de alimentos, água potável e medicamentos. Sistema de drenagens em diversas ruas. Está sendo feito apoio às famílias que tiveram suas casas alagadas, com carros a disposição de todos. A Paróquia já disponibilizou o Centro Paroquial para servir as refeições durante essa noite. A Secretaria de Ação Social também estará disponibilizando recursos financeiros para aluguéis de casas e já convocamos o Corpo de Bombeiros para fazer vistoria nas casas que foram atingidas. Existe uma equipe na Prefeitura nesse momento para atender às necessidades.

Pedimos a toda população ainda que não fiquem próximos de córregos ou tomem banhos em açudes, barreiros ou barragens.

Estamos todos unidos, trabalhando para atender a toda população. Não há como impedirmos as chuvas, elas são bem vindas no nosso Sertão e, foram 07 anos de seca e agora temos inverno, iremos juntos fazer o nosso papel de cuidar e proteger as famílias trindadenses.

Everton Costa
Prefeito

Saiba o que acontece se Lula não se entregar à PF

Caso haja resistência do ex-presidente ou de manifestantes, há a possibilidade de confronto

Saiba o que acontece se Lula não se entregar à PF

POLÍTICA PRISÃO

Neste caso, se até a hora prevista, Lula realmente não se entregar, os agentes federais poderão buscá-lo. .

“Legalmente, a PF vai tentar cumprir a ordem de prisão”, afirma Celso Vilardi, professor de direito penal da FGV (Fundação Getúlio Vargas) e criminalista.

O especialista explicou em entrevista ao UOL que, se Lula estiver no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, ele poderá ser preso lá. Caso haja resistência do ex-presidente ou de manifestantes, há a possibilidade de confronto.

Saiba tudo sobre a prisão de Lula.

O advogado e professor de Direito Constitucional da PUC-SP (Pontifícia Universidade Católica de São Paulo), Carlos Gonçalves Junior, destaca que poderá haver uso de força se houver resistência. “Toda aquela cordialidade, vamos dizer assim, que o Moro deferiu a ele em razão ao cargo que ele exerceu, é um privilégio de que ele vai abrir mão”, explica o advogado.

+ Agentes federais vigiam passos de Lula, diz revista

“Geralmente, quando se prendem autoridades, se tem essa pratica de negociar para preservar a própria autoridade. Agora, se ele não observar as condições que estão sendo oferecidas a ele, ele vai ser tratado como preso comum, vai ser capturado pela PF e vai proceder o encarceramento dele em prisão comum”, diz o especialista.

O UOL explica ainda que Lula não pode sair do país. Com a ordem de prisão expedida contra ele, o ex-presidente já se encontra impedido de sair do Brasil, apesar de ainda estar com o seu passaporte.

NoticiaMinuto

Se Lula for candidato, intervenção será única alternativa, diz general

“Se acontecer tanta rasteira e mudança da lei, aí eu não tenho dúvida de que só resta o recurso à reação armada”, afirmou Luiz Gonzaga Schroeder Lessa

Se Lula for candidato, intervenção será única alternativa, diz general

POLÍTICA JULGAMENTO DE LULA

Lessa foi além. Disse que, se o tribunal permitir que Lula se candidate e se eleja presidente, não restará outra alternativa a não ser a intervenção militar. “Se acontecer tanta rasteira e mudança da lei, aí eu não tenho dúvida de que só resta o recurso à reação armada. Aí é dever da Força Armada restaurar a ordem. Mas não creio que chegaremos lá.”

As declarações de Lessa se inserem na onda de manifestações de oficiais generais da reserva contra a concessão de habeas corpus para impedir a prisão de Lula e a possibilidade de o petista se candidatar à Presidência.

Lula pode ser preso amanhã? Entenda o que acontece após decisão do STF

“Nosso objetivo principal nesse momento é impedir mudanças na lei e colocar atrás das grades um chefe de organização criminosa já julgado e condenado a mais de 12 anos de prisão que, com o respaldo desse supremo fortim (o STF), tem circulado livre e debochadamente por todo o território nacional, contando mentiras, pregando o ódio e a luta de classes”, escreveu o general Paulo Chagas, que é pré-candidato ao governo do Distrito Federal.

Lessa já havia se manifestado na semana passada à Rádio Bandeirantes, de Porto Alegre, quando também foi enfático. Disse que a confrontação não será pacifica. “Vai ter derramamento de sangue, infelizmente é isso que a gente receia.” E acrescentou que essa crise “vai ser resolvida na bala.” Nesta segunda-feira, 2, à reportagem, disse: “O que querem no momento é abdicar da Justiça e fazer politicagem na mais Alta Corte do País.”

Lessa foi comandante militar do Leste e da Amazônia e presidiu o Clube Militar. “Vejo o general Villas Bôas (comandante do Exército) preocupado com a estado atual e defendendo solução pela via democrática, constitucional, pois a interferência das Forças Armadas, sem dúvida, vai causar derramamento de sangue.

“No mesmo sentido, Chagas afirmou que se “as Forças Armadas se julgarem na obrigação de agir, haverá muito mais sangue do que o das 60 mil vítimas anuais da violência, porque, dessa vez, somam-se aos interesses globalistas, políticos e ideológicos, os do crime organizado.”

O Exército informou que as declarações de Lessa representam a “opinião pessoal” dele. “O Exército brasileiro pauta sua atuação dentro dos parâmetros legais balizados pela Constituição Federal e outras normas que regem o assunto.” O STF disse que não se manifestaria sobre o caso. Com informações do Estadão

MINUTO

Sertão do Araripe registra redução de 17,39 % no número de homicídios no primeiro trimestre de 2018

Apesar da Região ser formada por dez municípios, apenas quatro deles registraram homicídios esse ano

Por Roberto Gonçalves / Foto: reprodução

O Sertão do Araripe pernambucano teve uma redução de 17,39%, no número de homicídios no primeiro trimestre deste ano em Araripina e nos outros municípios da Região. O percentual leva em consideração o mesmo período de 2017.

Apesar do Sertão do Araripe ser formado por dez municípios, apenas quatro deles registraram homicídios em 2018. São eles: Araripina 09, Ouricuri 05, Trindade 04 e Moreilândia 01, totalizando 19 assassinatos nos três primeiros meses do ano. No mesmo período de 2017, aconteceram 23 homicídios.

Em Araripina houve uma redução de 30,76% no registro de CVLI´s, comparando o primeiro trimestre de 2017 com 2018. Foram 13 homicídios registrados no ano passado, contra 09 este ano. Ouricuri, Trindade e Moreilândia mantiveram os mesmos números.

Capitão Barros, sub comandante da 9ª CIPM de Araripina, ressaltou durante entrevista na Arari FM, que apesar dos números positivos, a Polícia precisa muito da população para alcançar o seu objetivo, ouça:

Lembrando que a chegada da 9ª CIPM em Araripina no final do ano passado, ajudou muito na diminuição da violência na região. A Secretaria de Defesa Social, contribuiu também, com a renovação da frota de viaturas e a designação de novos policiais militares e civis para a região.

Petistas preparam plano para eventual prisão de Lula

O plano de contingência é não se opor ao cumprimento da ordem e ainda garantir que Lula esteja cercado de amigos e apoiadores

Petistas preparam plano para eventual prisão de Lula

dia 4 de abril vai ser decisivo para o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O Supremo Tribunal Federal (STF) vai julgar o pedido de habeas corpus preventivo que, caso aceito, o manterá longe da prisão. Ele foi condenado a 12 anos e um mês em regime fechado no caso do tríplex no Guarujá. No entanto, petistas já se preparam para o caso do pedido ser negado e o juiz Sergio Moro determinar a prisão.

O plano de contingência, de acordo com a Folha de S. Paulo, é não se opor ao cumprimento da ordem e ainda garantir que Lula esteja cercado de amigos e apoiadores. Pessoas ligadas ao ex-presidente revelaram que ele está preocupado com o risco de que tenham confrontos e ameaças. O julgamento de quarta-feira está marcado para começar às 14h (horário de Brasília).

Como lembra a reportagem, militantes se concentrarão no Sindicato dos Metalúrgicos do ABC, em São Bernardo do Campo – onde Lula deve estar para assistir ao julgamento. Além disso, a PM já declarou que irá dividir a área da Esplanada dos Ministério, em Brasília, para separar os manifestantes pró e contra o ex-presidente.

NOTICIASMINUTO

Temer anuncia derrubada do veto ao Refis das micro e pequenas empresas

Temer defendeu que a derrubada do veto torna “um tormento do passado em algo agradável”

Temer anuncia derrubada do veto ao Refis das micro e pequenas empresas
 Temer defendeu que a derrubada do veto torna “um tormento do passado em algo agradável”. O presidente explicou que, em janeiro, o veto foi decidido porque não havia previsão orçamentária para um novo programa de refinanciamento de dívidas. Sem dar detalhes, explicou que o governo encontrou uma solução que prestigia as micro e pequenas empresas.

Temer lembrou que a mesma Constituição que pune o presidente da República em caso de descumprimento da Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) também exige que o presidente da República trabalhe a favor das micro e pequenas empresas. E é a esse segundo ponto, disse o presidente, que a derrubada do veto visa. “Micro e pequenas empresas que têm o prestigiamento constitucional geram empregos”, defendeu.

Com informações do Estadão Conteúdo.