Acredite se quiser

Imagem

 Saudade do tempo de criança em que nossas professoras contavam aqueles contos de fada,  a exemplo da mula sem cabeça a cuca, o papafigo, Cinderela a fadinha com sua varinha mágica, entre tantas outras estórias.

O mesmo está acontecendo hoje no mundo encantado dos políticos que de acordo com seus enfados discursos tentando mexer com os sentidos das pessoas e deixa-las no campo da segurança em todos os aspectos que se possa imaginar. Mediante seus discursos e propostas tentadoras deixa o cidadão deslumbrados com o mundo que tanto sonha com SAUDE EDUCAÇÂO E SEGURANÇA esse é o disco de maior sucesso nas paradas de ônibus nas praças e nos bairros da cidade em que você mora e que você tanto sonha em dias melhores para o seu país.

Nesse novo país, conforme as promessas das campanhas, teríamos uma saúde pública exemplar. Hospitais e postos de saúde em profusão, médicos para todos, consultas sem filas de espera. Alguém poderia questionar, em qualquer canto do Brasil, sobre os milhares de doentes que ficam jogados até no chão de hospitais, sem atendimento, mas, é claro, sobre isso não se fala nas campanhas. A não ser para mostrar  ao eleitor que cenas assim jamais se repetirão, caso ele, o candidato que está no ar, seja o eleito.

O mesmo pode se falar sobre segurança pública. No país e nos estados dos candidatos, não haverá violência. Os bandidos serão colocados no seu devido lugar, ou seja, nas prisões. E as ruas estarão infestadas, mas de policiais. Escola caindo aos pedaços? Jamais. No país dos candidatos, todas as escolas são exemplos, os professores ganharão salários dignos e os estudantes aprenderão de verdade, não mais será os professores fingindo que estejam ensinando nem os alunos fingindo que também estejam aprendendo, tudo vai ser diferente.