Gestão Municipal de Trindade se une contra o trabalho infantil

A Prefeitura de Trindade, por meio da Secretaria de Ação Social realizou durante a manhã e a tarde deste dia 21 (quarta-feira), reuniões importantes para traçar novas ideias que possam garantir a erradicação do trabalho infantil no município.

Para isso, foi criado uma Comissão do Trabalho Infantil e um grupo, no interesse de desenvolver uma agenda voltada ao assunto, com o intuito de tirar definitivamente as crianças que trabalham nas feiras e em outros estabelecimentos, incentivando estes e a própria sociedade a compreenderem que o lugar da criança é na escola.

A secretária de Ação Social, Rosilene Miranda de Lucena falou sobre a problemática que hoje permeia o município de Trindade.

“Infelizmente ainda vimos crianças fora da sala de aula, trabalhando nas ruas, nas feiras livres e isso é contra a lei. O Ministério Público, a gestão municipal e a sociedade precisam estar unidos e conscientes do seu papel em defesa dos direitos das crianças e adolescentes”, pontuou.

Segundo a secretária e representantes do Conselho Tutelar todos precisam ter a consciência e se unir em defesa dos menores que precisam construir seu futuro olhando para o presente. A gestão do prefeito Dr. Everton Costa e Jaécio Sá oferecem programas importantes de educação, esportes, cultura e lazer com a Casa da Juventude, bem como nas escolas da rede municipal de ensino.

O encontro também contou com a presença da Dra Marcia, advogada, tratando sobre a legislação do trabalho infantil e dos desafios no combate à erradicação.

“Sem a sociedade a gente não consegue desenraizar, então todos nós temos que nos conscientizar e no momento em que for feito a sua feira ou outros trabalhos é necessário que sejam contratados adultos para fazer o transporte dos produtos adquiridos e não as crianças. O direito delas é estar na escola e o nosso papel quanto sociedade é cumprir as leis”. Frisou.

Da Assessoria de Comunicação – Fotos: Lusmar Barros

Uma ideia sobre “Gestão Municipal de Trindade se une contra o trabalho infantil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

1 × 1 =