Supremo pode tornar parte do Centrão réu na Lava Jato

Crédito: Beto Barata/Agência Câmara

Senador Ciro Nogueira (PP/PI) é acusado de obstrução de Justiça (Crédito: Beto Barata/Agência Câmara)

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF) decide nesta terça-feira, 21, se coloca lideranças do chamado Centrão no banco dos réus. Em pauta, uma denúncia contra o chamado “quadrilhão do PP”, o maior partido do bloco informal da Câmara.

O colegiado discutirá se recebe ou não a acusação apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR), na Lava Jato, contra o líder da Maioria na Câmara, Aguinaldo Ribeiro (PP-PB), os deputados Arthur Lira (PP-AL) e Eduardo da Fonte (PP-PE) e o senador Ciro Nogueira (PP-PI), presidente nacional do partido. Os quatro são acusados pelo crime de organização criminosa.

O julgamento ocorre no momento em que o Centrão promove uma queda de braço com o presidente Jair Bolsonaro, impondo ao governo uma série de derrotas no Congresso.

Segundo apurou a reportagem, o Palácio do Planalto acompanha de perto a sessão, pois entende que uma eventual aceitação da denúncia pode ajudar a impulsionar os atos de apoio a Bolsonaro marcados para domingo (mais informações na pág. A4).

O caso do “quadrilhão do PP”, como é conhecido, chegou ao Supremo em março de 2015. Em setembro de 2017, o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, apresentou denúncia por organização criminosa contra os parlamentares. Eles são acusados de participar de esquema de “cometimento de uma miríade de delitos” e arrecadação de propina por meio da utilização de diversos órgãos da administração pública, como a Petrobrás, a Caixa Econômica Federal e o Ministério das Cidades.

De acordo com a PGR, a organização criminosa teria sido concretamente estruturada após a eleição em 2002 do então presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), preso e condenado na Operação Lava Jato.

Pesam contra os parlamentares diversas acusações. Arthur Lira é acusado de receber vantagens indevidas por meio de doações eleitorais oficiais, em um total de R$ 2,6 milhões. De acordo com a denúncia, Ciro Nogueira solicitou e recebeu da empreiteira UTC Engenharia um total de R$ 1,875 milhão.

Contra Aguinaldo Ribeiro a acusação é a de “ordenar a captação e o repasse da propina” decorrente de contratos relacionados à diretoria de abastecimento da Petrobrás, em um esquema que também teria beneficiado Eduardo da Fonte.

Defesas

Os parlamentares negam as acusações e pedem a rejeição da denúncia. A defesa de Aguinaldo Ribeiro disse ao Supremo que há uma tentativa de “criminalizar o ato político e o partido político”.

Para os advogados de Arthur de Lira, a denúncia é “lastreada em declarações prestadas por colaboradores, as quais, de modo solitário, não são suficientes para conferir validade às proposições acusatórias”. Já Ciro Nogueira diz que a acusação não traça “quaisquer dados, provas, elementos idôneos específicos”. A defesa de Eduardo da Fonte sustenta que a acusação é “manifestamente abusiva”. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

HOMENAGEM AOS PRACINHAS QUE PARTICIPAM DA II GUERRA MUNDIAL

No dia 1º de setembro de 1939, as forças nazistas alemãs de Adolf Hitler invadiram a Polônia, dando início à Segunda Guerra Mundial. O Brasil passou a participar do conflito a partir de 1942. Na época, o presidente da República era Getúlio Vargas.

A princípio, a posição brasileira foi de neutralidade. Depois de alguns ataques a navios brasileiros, Getúlio Vargas decidiu entrar em acordo com o presidente americano Roosevelt para a participação do país na Guerra.

Os pracinhas conseguem vitórias importantes contra os alemães, tomando cidades e regiões estratégicas que estavam no poder destes, como o Monte Castelo, Turim, Montese, entre outras. Mais de 14 mil alemães se renderam aos brasileiros, que também ficaram com despojos como milhares de cavalos, carros e munição.A ação dos pracinhas não foi fácil por vários motivos. O primeiro, porque o treinamento recebido no Brasil e nos Estados Unidos não era muito próximo à realidade da guerra que encontraram. Os soldados não estavam habituados ao clima frio dos montes Apeninos, que atravessam a Itália e nem acostumados a lutar em local montanhoso. Só na batalha do Monte Castelo, houve mais de 400 baixas entre os brasileiros.

“Além disso, foi fundamental para o esforço de guerra a cessão de bases navais e aéreas no território brasileiro. Um desses locais que teve participação decisiva foi Natal, no Rio Grande do Norte”, afirma o professor. A capital potiguar serviu como local para abastecimento dos aviões de guerra americanos e base naval antissubmarinos. Com o fim da Segunda Guerra Mundial em 1945, a FEB foi desfeita em 1946.

No mês de maio é comemorado o mês da vitória sendo o BRASIL o único país da América do Sul a participou da II guerra Mundial enviando naquela ocasião 25 mil combatentes da Força Expedicionária Brasileira ao norte da Itália, dos quais 467 não retornaram ao Brasil.

Do efetivo total 1500 homens eram paranaenses, onde 28 deixaram seu sangue no solo europeu.

Uma homenagem honrosa foi realizada para prestigiar o Exército brasileiro, sobretudo esses bravos homens que cumpriram essa missão com suas próprias vidas em defesa da soberania e da nossa pátria.

Lava Jato denuncia Jucá por corrupção na Transpetro e propina de R$ 1 milhão

Crédito: Valter Campanato/Agência Brasil

A Lava Jato do Ministério Público Federal no Paraná denunciou o ex-senador e atual presidente do MDB, Romero Jucá, e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado pelo envolvimento em esquema de corrupção mantido na subsidiária da Petrobras. Segundo a denúncia, Jucá recebeu pagamentos ilícitos de pelo menos R$ 1 milhão em 2010 em razão de quatro contratos e sete aditivos celebrados entre a Galvão Engenharia e a

Segundo a força-tarefa, a Galvão Engenharia – em razão de contratos e aditivos mantidos na Transpetro e “com o objetivo de continuar recebendo convites para participar das licitações da estatal” – efetuava o pagamento de propinas de 5% do valor de todos os contratos com a subsidiária da Petrobras “a integrantes do MDB que compunham o núcleo de sustentação de Sérgio Machado”, então presidente da estatal.

A denúncia aponta que Machado foi indicado e mantido no cargo por Romero Jucá e integrantes do MDB e tinha “a função de arrecadar propinas para seus padrinhos políticos”. Segundo o MPF, em contrapartida ao pagamento de propinas pelas empresas, Sérgio Machado, “garantiria às empreiteiras a continuidade dos contratos e a expedição de futuros convites para licitações”.

O pagamento da propina pela Galvão Engenharia teria sido disfarçado por meio de doação eleitoral oficial de R$ 1 milhão. Segundo a denúncia, em junho de 2010, a empresa efetuou o repasse “desses subornos” para Romero Jucá ao Diretório Estadual do PMDB no Estado de Roraima. “As propinas, assim, irrigaram a campanha de reeleição de Jucá ao Senado, bem como as campanhas do filho e de ex-esposa para o Legislativo”, diz o MPF.

As investigações indicam que a Galvão Engenharia “não tinha qualquer interesse em Roraima que justificasse a realização da doação oficial, a não ser o direcionamento de propinas para Romero Jucá”.

A força-tarefa Lava Jato em Curitiba já ofereceu cinco denúncias relativas ao esquema de corrupção na Transpetro. Segundo o Ministério Público Federal, o esquema de corrupção investigado perdurou pelo menos até 2014, favorecendo empresas que pagavam vantagens indevidas ao então presidente da estatal, Sérgio Machado, e políticos responsáveis por sua manutenção no cargo.

Defesas

A reportagem está tentando contato com o ex-senador Romero Jucá, com Sérgio Machado e com representantes da Transpetro e da Galvão Engenharia. O espaço está aberto para as manifestações de defesa.

EM TRINDADE SERÁ MONTADO MAIS UMA FORÇA TAREFA CONTRA ARBOVIROSES

A Prefeitura de Trindade por intermédio da Secretaria de Saúde estará montando mais um Mutirão Itinerante da Saúde em Combate ao Mosquito Aeds Aegypti”, inseto transmissor do vírus causador da Dengue, Zika Vírus e da Febre Chincungunya.

O objetivo do Programa é combater com a ajuda da população os criadores e os focos do mosquito tanto na fase larval quanto na adulta.

A força tarefa iniciará nessa quarta-feira (05/06), em todos os bairros do município. O primeiro bairro a ser contemplado com a visita da equipe será o bairro São Geraldo 1, realizando tratamento da água e orientações a população sobre prevenções contra o mosquito.

Participará das ações as equipes de Agentes de Endemias e Agentes Comunitários.

Da Assessoria de Comunicação de Trindade

SECRETARIA DE AGRICULTURA DE TRINDADE SE REÚNE COM AGRICULTORES E PROMOVE MELHORIAS

A Secretaria de Agricultura de Trindade está atuante e com intensos trabalhos em diversas comunidades da zona rural.

Tequinha, nossa secretária, juntamente com sua equipe está realizando visitas, participando das reuniões das associações e assembleias nos sítios e povoados, discutindo, ouvindo as reivindicações com os produtores e trabalhadores rurais e promovendo junto à nossa gestão propostas de melhorias para todos.

O trabalho é participativo e vem de encontro ao que acertamos juntos em equipe, dar mais atenção ao homem e a mulher do campo para sabermos onde precisamos atuar e melhorar cada vez mais.

Ela esteve na posse da nova diretoria do Povoado da Bonita; no Assentamento Serra Preta; Sítio Bezerros; Sitio Abóbora I; Sítio Retiro; Na reunião do Conselho Sustentável do município no Sindicato Rural de Trindade com as associações, trabalhadores (as) rurais e reunião no Povoado do Saco Verde. O trabalho não para!

“A cada encontro, solicitações para as melhorias nas estradas rurais e melhorias na distribuição de água são os pedidos mais enfáticos e a Prefeitura, na gestão de Dr Everton Costa, está promovendo ações como estas para as melhorias por toda zona rural de Trindade, um acerto nosso em reunião recentemente com o prefeito”, pontuou Tequinha.

#Agricultura #TrindadeSegueAvançando

Da Assessoria de Comunicação (Fotos: Reprodução)

 

Governo concede passaporte diplomático ao pastor RR Soares

O Itamaraty liberou o documento, com validade de 3 anos

Governo concede passaporte diplomático ao pastor RR Soares

Ministério das Relações Exteriores concedeu passaporte diplomático a dois membros da Igreja Internacional da Graça de Deus: Romildo Ribeiro Soares, conhecido como missionário RR Soares, e sua esposa, Maria Magdalena Bezerra Ribeiro Soares. A portaria com a decisão está publicada no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira, dia 4.

Segundo o ato, o Itamaraty liberou o documento, com validade de 3 anos cada, “por entender que, ao portar passaporte diplomático, seu titular poderá desempenhar de maneira mais eficiente suas atividades em prol das comunidades brasileiras no exterior”.
O minuto.

MOVIMENTO MAIO AMARELO AGITA TRINDADE NA IMPORTÂNCIA DO TRÂNSITO MAIS SEGURO

*MOVIMENTO MAIO AMARELO AGITA TRINDADE NA IMPORTÂNCIA DO TRÂNSITO MAIS SEGURO*

As equipes das Secretarias de Saúde, Educação e Ação Social da Prefeitura de Trindade, DETRAN, Guarda Municipal, Lions Clube, Funerária Vip e Auto Escola São José, movimentaram a cidade hoje (31), no dia “D” em favor de um Trânsito Mais Seguro.

Os condutores de veículos e pedestres que passaram pelo centro da cidade, ao lado da Pomba, receberam orientações, com blitz educativa, panfletagem e momentos descontraídos com ações voltadas a orientações sobre o trânsito.

Coordenada pela Dra Mikaely, o Movimento Maio Amarelo nasceu com uma só proposta: chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, em especial em Trindade e Região do Araripe.

“O número de acidentes no trânsito é alto e precisamos orientar a sociedade a usar o capacete, dirigir e conduzir sua moto em velocidade capaz dentro da cidade, aprender a usar o cinto de segurança dentro da cidade, inclusive para quem viaja no banco de traz do carro, porque muitos acham que só é para usar em viagens mais distantes, pela BR, frisou Dra Mikaely.

As ações duraram todo o mês de maio, nas escolas e hoje na cidade e continua durante todo o ano.

Da Assessoria de Comunicação (Fotos: Edson Vasconcelos e Lusmar Barros)

Da Assessoria de Comunicação (Fotos: Edson Vasconcelos e Lusmar Barros)

PEDAL NA CAATINGA RECEBE APOIO DA PREFEITURA DE TRINDADE

O prefeito Dr Everton Costa recebeu nessa quarta-feira (29) a equipe do Pedal na Caatinga do qual será sediada em Trindade no dia 16 de junho de 2019. A Prefeitura irá dar total apoio a esse grandioso evento que valoriza o esporte na cidade e região.

O Pedal na Caatinga / Warm Up, trata-se de uma competição interestadual, que promove a integração e o bem estar dos cidadãos trindadenses, suas famílias e público em geral, incentivando a prática do atletismo e um estilo de vida mais ativo e saudável.

O evento também terá atrações especiais com a presença de mais de 10 atletas para-motores, que acompanharão toda competição. Está previsto um público de mais de 200 atletas, indiretamente 600 pessoas. Participe você também!

Presentes a reunião, além do prefeito Dr Everton Costa, o secretário de Administração Charles Gerlane, Dr Valtenci Assunção (ass. Jurídico), da equipe do Pedal: Roudão Castro, Ciro Coutinho, Emílio Leocádio, Dr Marco Melo.

Da Assessoria de Comunicação (Foto: Reprodução)

AÉCIO NEVES TEM R$ 128 MILHÕES BLOQUEADO PELO JUSTIÇA

AÉCIO NEVES TEM R$ 128 MILHÕES BLOQUEADO PELO JUSTIÇA

O Deputado Federal Aécio Neves teve cerca de R$ 128 milhões de reais bloqueados pelo juiz da 6ª vara criminal de São Paulo, João Batista Gonçalves .   A suspeita é de supostas  propinas no grupo J&F.   De acordo com a investigação esse seria o valor recebido por Aécio em seu nome e em nome de terceiros.

As denuncias chegam até a ex Deputada Federal Cristiane Brasil(PTB) e ao também Deputado Federal Benito Gama( PTB), no valor de R$ 20 milhões de reais para cada um.

Segundo o Ministério Publico Federal(MPF), Aécio Neves quando senador, teria solicitado a Joesley Batista do grupo J&F, entre 2014 e 2017, vantagens em favorecimentos futuros, tanto no Governo Federal quanto no Governo de Minas Gerais .   Na época o então senador teria recebido do grupo J&F cerca de R$ 128,049,063,00 milhões de reais .

Parte desse repasse aconteceu nas eleições de 2014  e outra parte na compra de prédios ligados ao “Jornal Hoje em Dia”, além de  pagar prestações por meio de pessoa jurídica da “Rádio Arco Iris”.

“A defesa .considera inusitada a determinação dos bloqueios das contas pessoas do Deputado Aécio Neves, e já apresentou um recurso contra a medida” disse o advogado, Alberto Toron.